Início Pindamonhangaba Alunos têm recepção especial das equipes na volta às aulas em Pindamonhangaba

Alunos têm recepção especial das equipes na volta às aulas em Pindamonhangaba

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

Os alunos da rede municipal de ensino de Pindamonhangaba retornaram às aulas presenciais dia 7 de fevereiro – iniciando o ano letivo no município. Em 2022, as aulas retornam 100% presenciais e com a capacidade máxima de alunos por sala. As aulas 100% presenciais foram suspensas em março de 2020, retomando presencialmente em agosto de 2021. Neste intervalo, houve momentos de aulas on-line ou parcialmente presenciais.

Publicidade

Com a retomada das aulas presenciais, as unidades escolares de Pindamonhangaba passam a receber 13.949 alunos diariamente – sendo 4.882 na educação infantil e 9.067 no ensino fundamental.

Ansiosas com a retomada das aulas, as equipes das escolas prepararam muitas ações para boas-vindas aos estudantes, como faixas, cartazes, quadros, além de atividades diversificadas.

Foto: divulgação/ PMP

A diretora pedagógica, Elaine Prolungatti, disse que “o início das aulas de 2022 foi marcado por ações lindas de acolhimento por parte das equipes escolares, com a esperança de um ano de saúde e com boas oportunidades de aprendizagem às crianças”.

A secretária de Educação, Luciana Ferreira, ressaltou que os estudantes voltam em um momento em que a Prefeitura se reestruturou na área, com a contratação de diretores das unidades – recém empossados no cargo após concurso público.

Ela lembrou que no período de aula on-line, o município forneceu ferramentas e estrutura para os estudantes. “Além de material escolar e plantões pedagógicos, tivemos uma série de ações que fizemos durante toda a pandemia”.
Luciana Ferreira explicou que “as aulas presenciais retornaram em atmosfera de alegria e esperança na rede municipal”.

Ela destacou que as equipes escolares prepararam os espaços para bem acolher a todos os alunos, respeitando os protocolos necessários.

“Com a retomada presencial, projetos serão discutidos, a partir do conhecimento dos territórios educativos para minimizar os impactos causados pela pandemia no desenvolvimento cognitivo, emocional e social”, avaliou a secretária de Educação.

Para frequentar as aulas, é obrigatório o uso de máscara, utilizar álcool 70º existente nas entradas das unidades e manter distanciamento social, respeitando todos os protocolos em relação à Covid-19.