Início Pindamonhangaba Praça Monsenhor Marcondes recebeu ação da Campanha Janeiro Branco em Pindamonhangaba

Praça Monsenhor Marcondes recebeu ação da Campanha Janeiro Branco em Pindamonhangaba

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

A prefeitura de Pindamonhangaba realizou na manhã deste sábado, dia 22, uma campanha do Janeiro Branco na praça Monsenhor Marcondes. Entre as atividades oferecidas, estavam escuta psicológica com o COMAD, orientação aos pais e atividades para as crianças, auriculoterapia, yoga/alongamento, quick massage (massagem rápida), aferição de pressão e orientações sobre saúde com alunos do Senac. Também teve peça de Teatro e música durante o evento.

Publicidade

De acordo com a articuladora de saúde mental do município, Caroline Rosolem, a campanha foi muito positiva, com a entrega de cerca de 1.500 panfletos informativos na região da praça e da feira livre. “Essa foi a principal ação que realizamos para o Janeiro Branco e a receptividade das pessoas foi muito boa. A maioria das pessoas não sabia o que era Janeiro Branco, por isso a importância da nossa abordagem. As pessoas não entendem bem o que é um transtorno mental, que abrange depressão, ansiedade entre outras questões, e quando explicávamos todos se identificavam ou identificavam algum conhecido que precisa de ajuda”, comentou. A todos os interessados, foi orientado que procurassem o postinho de saúde mais próximo de sua casa.

Foto: Saulo Fernandes/Vale News

Janeiro Branco – O Janeiro Branco é uma campanha criada para chamar a atenção da humanidade para as questões e necessidades relacionadas à Saúde Mental e Emocional das pessoas e das instituições humanas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a depressão é um transtorno mental caracterizado por tristeza persistente e pela perda de interesse em atividades que normalmente são prazerosas, acompanhadas da incapacidade de realizar atividades diárias, durante pelo menos duas semanas.

Além disso, pessoas com depressão normalmente apresentam vários dos seguintes sintomas: perda de energia, mudanças no apetite, aumento ou redução do sono, ansiedade, perda de concentração, indecisão, inquietude, sensação de que não valem nada, culpa ou desesperança, e pensamentos de suicídio ou de causar danos a si mesmas.

As unidades de atendimento especializado de Pinda são: Ambulatório Saúde Mental (atendimento com encaminhamento) telefone (12) 3550-0029; Caps AD Álcool e outras drogas (sem encaminhamento) Telefone (12) 3550-9989; Caps II (atendimento com encaminhamento) Telefone (12) 3645-9035 e Caps Infantil, localizado na Rua Albuquerque Lins, 245, São Benedito.

Foto: Saulo Fernandes/Vale News