Início São José dos Campos Crianças a partir de 5 anos sem comorbidade já podem se vacinar...

Crianças a partir de 5 anos sem comorbidade já podem se vacinar em São José dos Campos

Foto: Adenir Britto/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Saúde, inicia nesta terça-feira (25) mais uma etapa para a vacinação das crianças menores de 12 anos sem comorbidades. Agora, todos de 5 a 11 anos, 11 meses e 29 dias, já podem receber a primeira dose da vacina contra a covid-19.

Publicidade

As crianças de 5 anos sem comorbidades devem ir até o Colégio Tableau, das 8h às 21h, ou ao Cefe (Centro de Formação do Educador), das 16h30 às 20h30. As demais crianças de 6 a 11 anos sem comorbidades podem ir nestes mesmos dois locais ou ainda em alguma UBS Resolve.

Além da vacinação das crianças sem comorbidades, a Prefeitura iniciou na semana passada a imunização das crianças de 5 a 11 anos com comorbidades portadoras de deficiência, indígenas ou quilombolas. Esse grupo pode se vacinar no Colégio Tableau ou no Cefe.

A Prefeitura também continua com a imunização do público em geral, acimas de 12 anos, com ou sem comorbidades. Mais de 40 mil pessoas já poderiam ter recebido a segunda dose contra a covid-19 e mais de 180 mil a terceira ou dose de reforço.

Nas UBS’s, as senhas são distribuídas sempre às 8h e às 13h até o esgotamento das mesmas ou de acordo com a capacidade operacional e estrutura física de cada unidade.
Todas as idades, locais e horários de vacinação estão disponíveis na página oficial da Prefeitura.

Documentos necessários (crianças com comorbidade)
– CPF
– Comprovante de endereço em São José dos Campos
– Termo de autorização para menores
– Laudo médico com a comorbidade.

Comorbidades consideradas
O Ministério da Saúde considera como comorbidade as seguintes situações de saúde:
– Insuficiência cardíaca
– Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar
– Cardiopatia Hipertensiva
– Síndrome coronarianas
– Valvopatias
– Miocardiopatias e pericardiopatias
– Doença da Aorta, dos grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas
– Arritmias cardíacas
– Cardiopatias congênitas
– Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados
– Talassemia
– Síndrome de Down
– Diabetes mellitus
– Pneumopatias crônicas graves
– Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3
– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo
– Doença Cerebrovascular
– Doença renal crônica
– Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)
– Anemia falciforme
– Obesidade mórbida
– Cirrose Hepática
– HIV