Início Pindamonhangaba Prefeito de Pindamonhangaba pede em Brasília desbloqueio de verba do FNDE para...

Prefeito de Pindamonhangaba pede em Brasília desbloqueio de verba do FNDE para finalizar creche do Arco Íris

Foto: Divulgação/PMP

O prefeito Dr. Isael Domingues está cumprindo agenda essa semana em Brasília (DF) onde está apresentando diversas pautas para viabilizar recursos financeiros para execução de melhorias em Pindamonhangaba.

Publicidade

Acompanhado do Deputado Federal Cezinha de Madureira, que vem promovendo a interlocução junto aos Ministérios do Governo Federal, Dr. Isael esteve nesta manhã de terça-feira (14) no Ministério da Educação e da Saúde, juntamente com os vereadores Julinho Car, Felipe Guimarães e Rogério Ramos.

Foto: Divulgação/PMP

Com cronograma atrasado em virtude da rescisão unilateral da empresa responsável pela obra, a Creche do Residencial Arco Íris foi o assunto principal na reunião realizada junto ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) no Ministério da Educação.

As autoridades foram recebidas pelo diretor da entidade, Gabriel Vilar, a quem o prefeito protocolou o pedido de desbloqueio dos recursos para viabilizar a retomada da obra que aumentará a oferta de vagas de creche para a região oeste da cidade.

“Quero agradecer ao Deputado Cezinha de Madureira pelo apoio e a participação dos vereadores. A população do Araretama sabe da dificuldade que está sendo finalizar essa obra devido à rescisão do contrato com a empreiteira. Após o desbloqueio iremos abrir outra licitação para que uma nova empresa assuma o término da obra”, esclareceu o prefeito.

Do total das 5 novas creches viabilizadas junto ao convênio com o governo federal, a Prefeitura de Pindamonhangaba já entregou as CMEIs Centro e Mantiqueira, restando além da unidade do Parque das Palmeiras, que encontra-se em obras, as creches do Crispim e do Arco Íris.

No Ministério da Saúde, o prefeito protocolou solicitação da Secretaria Municipal de Saúde, solicitando recursos para aquisição de equipamento para o Setor de Fisioterapia do município.

Foto: Divulgação/PMP