Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba institui Dia do Doar no calendário oficial

Pindamonhangaba institui Dia do Doar no calendário oficial

Foto: Divulgação/PMP

Pindamonhangaba instituiu o Dia do Doar no calendário oficial do município. O objetivo é promover a cultura da doação como filantropia, mobilizar pessoas, empresas e instituições para uma cidade mais voluntária e solidária, além de incentivar atividades relacionadas ao Dia do Doar em órgãos públicos.

Publicidade

O Dia do Doar será comemorado anualmente na terça-feira subsequente ao Dia de Ação de Graças.

Foto: Divulgação/PMP

O projeto de Lei de autoria dos vereadores José Carlos Gomes – Cal (presidente da Câmara) e Regininha) foi aprovado por unanimidade pelos demais legisladores e sancionado pelo prefeito Isael Domingues.

Durante a apresentação da iniciativa dia 30 de novembro, no auditório municipal, o presidente Cal disse que espera que o ato impulsione as iniciativas sociais em Pindamonhangaba. Assim como ele, Regininha destacou a importância das doações para o fortalecimento social.

A presidente do Fundo Social de Solidariedade, Claudia Domingues, agradeceu novamente à população de Pindamonhangaba pelos atos solidários. “A cada dia presenciamos uma cidade mais solidária, que demonstra muito carinho e amor ao próximo. Em um momento tão difícil que passamos e ainda passamos, devido à pandemia, temos encontrado pessoas de todas as áreas da cidade colaborando com o próximo, isso na iniciativa privada, pública e em instituições. Estou muito agradecida pela colaboração de todos. Isso tem ajudado a salvar vidas”.

O prefeito, Isael Domingues, parabenizou à Câmara pela parceria, à população, às empresas e instituições de Pindamonhangaba. Ele enalteceu o Dia do Doar como o reconhecimento pelas ações filantrópicas que geram vários benefícios à cidade e à população. “Já temos realizados atos de doar, de doação, de ajuda, de amparo o ano todo. A criação do dia é o reconhecimento para oficializar essa data em Pindamonhangaba”.

Foto: Divulgação/PMP

Isael Domingues lembrou que entre os cargos de livre provimento, 100% já realizam serviço voluntário. “Sugerimos o trabalho voluntário e tivemos 100% de adesão. Isso nos deixa enormemente agradecidos. Todos abraçaram nossa iniciativa de doar e eles se doam, trabalham como voluntários em vários pontos da cidade, como Trabijú, Museu, Parque da Cidade, e realizam diversos trabalhos. Além desse setor, temos os que se dedicam em ações do Fundo Social, arrecadando e montando cestas básicas, itens para fraldas do Gente Miúda e outros insumos. Vocês são fantásticos”.

O voluntariado entre membros do governo, por exemplo, já rendeu para a Prefeitura uma economia estimada em R$ 1 milhão em quase cinco anos – valor que pôde ser revertido para outros setores, como saúde e assistência social por exemplo.

“Quando você doa seu tempo, seu trabalho a ajudar o próximo você recebe gratidão, ganha confiança, felicidade. Não é apenas uma questão de dinheiro, é um ponto social, de dedicação e amor ao próximo”, completou o prefeito.

Os vereadores Julinho Car, Rogério Ramos e Felipe Guimarães também compareceram ao evento.