Início São José dos Campos Índice de infecção na UTI adulto do Hospital Municipal cai em 70%...

Índice de infecção na UTI adulto do Hospital Municipal cai em 70% em São José dos Campos

Foto: Divulgação/PMSJC

Reconhecidos pelo alto padrão de atendimento em emergência no eixo Rio-São Paulo e pela atuação durante uma pandemia de covid-19, os profissionais de saúde do Hospital Municipal de São José dos Campos fecham o ano com mais uma conquista. A boa notícia desta vez é uma diminuição de infecções na unidade hospitalar, que é mantida pela Prefeitura e gerenciada pela SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina).

O hospital reduziu em 70% o índice de infecção em UTI (unidade de tratamento intensivo) de pacientes adultos, em comparação entre dezembro de 2020 e o mesmo mês de 2017, quando foi implantado o Projeto de Melhoria. Com os resultados positivos alcançados nesse período, mais pessoas foram salvas e recursos financeiros economizados.

Publicidade

Graças ao empenho das equipes, foi possível evitar ou reduzir as ocorrências dos 3 principais tipos de infecção, que são a de corrente sanguínea (quando uma bactéria passa a circular no sangue), urinária (causada pelo uso da sonda vesical) e pneumonia adquirida por uso de ventilador mecânico (no caso de pacientes intubados). O sucesso das ações resultou numa estimativa de 51 vidas salvas e economia de mais de R $ 6 milhões, de acordo com cálculos do IHI (Institute for Healthcare Improvement).

Esse trabalho começou no final de 2017, com a escolha do Hospital da Vila para participar de um projeto, com outros 119 hospitais do país, com a meta de reduzir em 50% como doenças em UTIs. Eles foram divididos em grupos, apoiados e liderados por uma instituição de excelência. Supervisionado pelo Hospital do Coração (HCor), o hub da unidade joseense também oferece apoio ao IHI, que forneceu a metodologia de trabalho, e do Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde.

Em 3 anos, o HM promoveu diversas atividades do projeto, entre elas a formação de equipes de alta performance para garantir maior segurança dos internados. “A maior lição aprendida com o projeto foi, sem dúvida, que as melhores ideias são oriundas das pessoas que trabalham na linha de frente e que impede qualquer preocupação que parte colaboradores colaboradores em relação aos nossos pacientes”, afirmou a médica Christiany Cavalcante, líder do projeto no Hospital Municipal.

Opinião dos profissionais de saúde

“O projeto do IHI, com sua ampla experiência internacional, nos trouxe o rigor científico e o treinamento no modelo de melhoria contínua.”
Rui Cordeiro
Coordenador médico da UTI adulto

“Um projeto de melhoria nos ensina a nunca se acomodar, se conformar ou desistir. Sempre somos capazes de evoluir e melhorar nossa assistência ao paciente. É querer sempre mais e melhor. ”
Jackeline Neves
Médica e coordenadora do sistema de controle de infecção hospitalar

“O projeto de melhoria nos faz sair da obesidade intelectual, levando-nos a sentido e atuar com abrangência, eficácia e qualidade à assistência. Trazendo benefícios inestimáveis ​​para o paciente e equipe. ”
Marco Neves
Enfermeiro clínico da UTI adulto