Início Pindamonhangaba Serviços de Saúde podem funcionar somente em casos de urgência e emergência...

Serviços de Saúde podem funcionar somente em casos de urgência e emergência em Pindamonhangaba

(Fotos: Saulo Fernandes/Vale News)

Em época de pandemia de coronavírus, especialistas do mundo inteiro concordam que a única forma de diminuir a curva de contaminação é o isolamento social. Por isso, a principal orientação da Prefeitura de Pindamonhangaba é que as pessoas fiquem nas suas casas e, caso tenham que sair, usem máscaras, lavem constantemente as mãos ou higienizem com álcool gel e evitem aglomeração.

Para diminuir a circulação de pessoas nas ruas e desincentivar que as pessoas saiam de suas casas, somente os serviços essenciais estão autorizados a funcionar, de acordo com os decretos publicados pela Prefeitura (todos estão disponíveis no site oficial www.pindamonhangaba.sp.gov.br, dentro do banner coronavírus, botão decretos).

Publicidade

Os serviços de saúde, limpeza pública e segurança são considerados essenciais, porém, somente os serviços de urgência e emergência de saúde estão autorizados a funcionar.

Desta forma, consultórios, clinicas médicas, nutricionista, e atividades afins só podem exercer suas atividades em casos de urgência e emergência ou tratamento contínuo (psiquiátrico, diabetes…). “Indicamos que consultas e exames de rotina não sejam realizados neste momento, respeitando inclusive recomendações dos conselhos de classes. A prioridade é o isolamento social para que consigamos diminuir a circulação viral. Importante que as pessoas entendam que os primeiros sintomas do coronavírus surgem já, em média, no 2º dia após o contato com o vírus, podendo ser tornar um paciente multiplicador da doença, entre o 2º ao 10º dia após o aparecimento dos primeiros sintomas. Essa conscientização é essencial para que as pessoas fiquem em suas casas”, explicou o diretor do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Rafael Lamana.

A equipe de fiscalização da Prefeitura está percorrendo todos os bairros da cidade e atendendo as denúncias que chegam ao disk denúncia 153 e aplicativos e-ouve para que todos cumpram os decretos.

“O propósito de todas as nossas ações e decretos é salvar vidas”, explicou a secretária de Saúde, Valéria dos Santos. “A pandemia é uma situação nova para todos nós, e estamos trabalhando da melhor forma possível, priorizando a vida”, completou.

Serviços de saúde autorizados
Saúde Humana:
Atividade médica, dentista, fisioterapia, psicólogo, podólogo e ótica, somente urgência e emergência. Farmácia, laboratório de análise e diagnóstico, abertos com restrições sanitárias.
Saúde animal:
Casa de ração, somente delivery;
Pet Shop/banho e tosa, somente agendamento através do sistema de logístico “táxi dog”:
Insumos agropecuários, abertos com restrições sanitárias.
Serviços de saúde NÃO autorizados:
Cabeleireiro, barbeiro, manicure, pedicure, esteticistas, nutricionista, tatuagem, piercing e atividades afins.