Início São José dos Campos Plantio de Árvores Nativas reúne alunos de escolas estaduais de São José...

Plantio de Árvores Nativas reúne alunos de escolas estaduais de São José dos Campos

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Nesta terça-feira (10), a Prefeitura de São José dos Campos participou do plantio de árvores frutíferas em duas escolas estaduais da cidade: a Escola Estadual Professora Dirce Elias, no bairro dos Freitas, e Escola Estadual Juvenal Machado de Araújo, na Vila Tesouro.

A ação faz farte do Programa Alfabetização Ambiental, que é uma iniciativa da Coordenadoria de Educação Ambiental, da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, em parceria com os municípios.

Publicidade

O objetivo do Programa é que cada criança do 2º ano do ensino fundamental, que está concluindo sua alfabetização, aprendendo a ler e a escrever, tenha também uma alfabetização ambiental.

A Divisão de Educação Ambiental da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade propôs, em apoio ao projeto piloto, o plantio de frutíferas da Mata Atlântica e do Cerrado, biomas presentes na cidade, aumentando a sinergia entre as ações do município e do estado em prol do meio ambiente.

O trabalho também está em consonância com o Programa Pomares Nativos Educativos, realizado pela Prefeitura de São José dos Campos em diversas áreas verdes da cidade. A iniciativa resgata o contato da comunidade com os frutos da região e educa as crianças sobre a importância dessas espécies para a dinâmica ambiental local, contribuindo assim para o equilíbrio ambiental na cidade.

“Mais que plantar árvores, este programa permite trabalhar a temática ambiental nesta fase tão importante e marcante da vida da criança que é a alfabetização”, destacou a Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade.

A professora coordenadora do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino de São José dos Campos, Geógrafa Régia, apontou o tema do primeiro ano do Programa Alfabetização Ambiental: “Conhecer para Conservar”. “É uma temática ambiental assertiva, pois permite ao alfabetizando perceber a importância das árvores para a vida.”

As ações de plantio tiveram início em novembro. Desde então, as crianças de 18 escolas da rede estadual de ensino realizaram o plantio de 124 mudas. As espécies frutíferas da Mata Atlântica e do Cerrado selecionadas foram: Araçá, Abiu, Araticum, Cabeludinha, Cereja do Rio Grande, Gabiroba, Grumixama, Jabuticaba, Juçara, Jaracatiá, Pitanga, Uvaia.

A proposta é ampliar este programa no ano de 2020, incluindo outras escolas públicas nesta iniciativa de educação ambiental.