Início Variedades Ciclo sobre consumo e finanças para alunos termina nesta quinta em São...

Ciclo sobre consumo e finanças para alunos termina nesta quinta em São José

Foto: Lucas Cabral/PMSJC

Na quinta-feira (24), às 9h, o Procon de São José dos Campos conclui a programação de palestras educativas para alunos de escolas públicas. O encerramento terá a presença especial de estudantes do ensino médio da rede estadual, na Biblioteca Pública Cassiano Ricardo (Rua 15 de Novembro, 99, Centro).

Ministrada por técnicos do órgão municipal, a atividade terá os seguintes temas: direitos básicos do consumidor e educação financeira. Durante o encontro, os palestrantes vão organizar várias dinâmicas com a classe. A proposta é reforçar a importância do consumo consciente e planejamento nas finanças para que os jovens possam aprender e ser multiplicadores de conhecimento no meio familiar e círculo de amizades.

Publicidade

De maio a outubro, o projeto Procon na Escola atendeu todas as turmas do 6º ano das 43 escolas municipais. No total foram 166 palestras, que beneficiaram cerca de 3.700 crianças. A última foi realizada nesta quarta-feira (23), na Escola Municipal Sebastiana Cobra, no Jardim das Indústrias (região oeste), que já havia recebido o evento na última quinta (17). Participaram da segunda etapa 63 alunos.

Gabriele Montes da Rocha ressaltou a importância do ensinamento recebido. “Gostei muito da palestra, e o que vou levar bastante para a minha vida é sobre a publicidade enganosa, que muitas das vezes engana o cliente, falando que vai levar mais por menos.”

Em funcionamento desde 2017, o Procon na Escola é desenvolvido conforme cronograma elaborado anualmente de comum acordo com a Rede de Ensino Municipal. Antes de iniciar o ciclo, o Procon apresenta aos professores responsáveis pela disciplina de enriquecimento curricular os conteúdos dos dois temas que serão abordados.

Segundo o Procon, o apoio e a parceria dos educadores das escolas municipais são fundamentais para o sucesso do projeto, que busca contribuir para a formação de cidadãos conscientes sobre os direitos básicos do consumidor e melhor instruídos quanto à importância de uma vida financeira equilibrada. Poupando mais para realizar os objetivos e exercendo o consumo consciente e sustentável.