Início Pindamonhangaba Pinda confirma 1º caso de coronavírus. Homem é morador de Taubaté e...

Pinda confirma 1º caso de coronavírus. Homem é morador de Taubaté e está internado em Pinda

(Imagem: reprodução/divulgação)

Pindamonhangaba confirmou na manhã deste domingo (29), o 1º caso de coronavírus. Um médico de 43 anos, morador de Taubaté, está internado em um hospital particular em Pinda.

O prefeito Dr. Isael Domingues gravou um vídeo, que foi divulgado no Facebook da Prefeitura Municipal, informando que o caso foi confirmado em Pindamonhangaba, e que o homem é morador de Taubaté. De acordo com o prefeito, ele teria feito uma viagem recente ao Rio de Janeiro. O estado de saúde dele não foi divulgado.

Publicidade

O prefeito disse também que de acordo com as normas da Vigilância Epidemiológica, o caso será notificado para Taubaté e Pindamonhangaba não tem nenhum caso confirmado.

A Prefeitura informou que acompanha o caso para que todas as medidas sanitárias necessárias sejam tomadas.

O vídeo foi gravado no COI – Centro de Operações Integradas, e o prefeito ainda faz uma observação importante sobre os riscos do trânsito e deslocamento de pessoas. Esses dois fatores podem aumentar ainda mais as chances de um contato e contaminação da doença, principalmente nos grupos acima de 60 anos.

As imagens mostram pessoas descumprindo as normas de isolamento social e o prefeito pede para que as pessoas permaneçam em suas casas pelos próximos dias, até que sejam tomadas novas medidas com relação ao perfil da doença do Covid-19.

Acompanhe o vídeo

Último Boletim epidemiológico, divulgado às 17h00 deste sábado (28), pela Prefeitura de Pindamonhangaba, aponta que até o momento foram registrados 73 casos suspeitos de coronavírus no município, com 4 casos descartados, nenhum confirmado e 2 mortes suspeitas. Após às 17h, um boletim atualizado será divulgado.

Mortes suspeitas em Pindamonhangaba

Uma mulher de 57 anos morreu, na madrugada desta sexta-feira (27) e o caso foi registrado como morte suspeita. Na noite do mesmo dia, um idoso de 74 anos também morreu com suspeita de infecção da doença. O resultado dos exames podem atestar se as vítimas estavam infectadas ou não, mas ainda não ficaram prontos.