Início Pindamonhangaba Após mais de 60 pessoas passarem mal após comerem marmita, Vigilância Sanitária...

Após mais de 60 pessoas passarem mal após comerem marmita, Vigilância Sanitária fiscaliza empresa fornecedora e concede alvará 2020

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A respeito da interdição cautelar da empresa fornecedora de alimentos à empresas, onde mais de 60 pessoas passaram mal após consumirem a comida, na última quinta-feira (16), a Vigilância Sanitária de Pindamonhangaba recebeu nesta sexta-feira (17), todos os documentos necessários e Concedeu Licença Sanitária 2020 à empresa.

Antes disso, ainda no dia 16 de janeiro, a equipe da vigilância visitou a cozinha da empresa e apurou os procedimentos, como de praxe, para a elaboração do laudo técnico referente ao armazenamento, manipulação, embalagem, expedição e transporte, além de fornecedores de matéria prima.

Publicidade

Com base neste laudo técnico, cruzando as informações com a documentação apresentada, e após nova vistoria nesta sexta, a empresa atendeu as normas sanitárias em vigor. Desde modo foi expedida a Licença Sanitária 2020.

A interdição cautelar do dia 16 de janeiro foi ato administrativo em decorrência de ausência de documentação hábil. Como foi sanado, a empresa está apta à exploração das atividades.

Na sexta, o Pronto Socorro Municipal de Pindamonhangaba registrou movimentação acima do normal, devido à chegada dos mais de 60 pacientes vítimas de intoxicação alimentar em três empresas da cidade. O PS informou que mesmo com o atendimento fora do normal, o atendimento à todas as outras demandas foi realizado normalmente, apenas com um pouco mais de demora.