Início São José dos Campos Mostra ‘Experimento Paisagem’ propõe reflexão sobre a relação entre arte e natureza...

Mostra ‘Experimento Paisagem’ propõe reflexão sobre a relação entre arte e natureza no Sesc São José dos Campos

Experimento Paisagens (Jaime Prades)
Publicidade

Com a cocuradoria da artista, pesquisadora e educadora Gabriela Leirias, o Sesc São José dos Campos apresenta a Mostra Coletiva Experimento Paisagem, composta por 19 obras dos artistas plásticos Jaime Prades, Manuella Karmann, Bruno Brito e Diana Gerbelli.

Esta é a terceira e última exposição de uma sequência que traz como tema a relação entre arte e natureza, que teve início com Sonhos Yanomami, da fotógrafa Cláudia Andujar, seguida de Campos Invisíveis, do artista Daniel Caballero. Experimento Paisagem encerra a série buscando construir com o público uma reflexão sobre da relação entre arte contemporânea e natureza na cidade e seu entorno.

Publicidade
Mulher e Lobo Guará (Filipe Bernt)

Os artistas que compõem este experimento, além de terem vínculos com o Vale do Paraíba, possuem pesquisas, linguagens e abordagens diferentes para investigar interações e apropriações da natureza, seja ela urbana ou rural, litorânea ou florestal.

Dos artistas expositores:

Bruno Brito aborda a paisagem em diálogo com o mapa e apresenta, cheio de imagens do Vale do Paraíba, a verticalidade e o sentido da localização. E, ainda ressalta a cultura caipira e os caminhos responsáveis pela constituição de sua singularidade geográfica.

Manuella Karmann tece seu estudo a partir de São Bento do Sapucaí, envolta à Mata Atlântica. Sua arte está imersa na paisagem que abriga dimensões biológicas, humanas e espirituais, evocando a temporalidade de um fazer meditativo, inspirada na técnica da pintura Pichwaii.

Diana Gerbelli tem o trabalho ancorado no fazer cotidiano e na observação da natureza da área rural de Monteiro Lobato. Cria seres híbridos, meio humano e meio vegetal, para habitarem as áreas verdes da paisagem urbana de São José dos Campos.

Jaime Prades é participante dos movimentos de arte urbana. Pesquisa possibilidades da cidade como suporte e como matéria para a criação. Suas colagens artísticas contêm energia dos objetos originais, sejam de concreto, ferro ou madeira.

Cocuradora: Gabriela Leirias é pesquisadora, educadora e artista em arte contemporânea a partir de discussões sobre espaço, arte urbana, arte pública, cartografias e processos colaborativos e transdisciplinares. Colaborou na pesquisa e curadoria do projeto “Jardinagem: Territorialidade, Temporalidade” ato político sobre a jardinagem como prática artística. Em 2016, foi premiada pelo Proac com o projeto Jardinalidades: Jardinagem como prática artística e criação de territorialidades.

A mostra é gratuita e a visitação pode ser feita de terça a sexta, das 13h às 21h30 e aos sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h30. Recomendação etária livre.

Programação de Abertura:

Ativação da obra MetaMorfoses – Casulos humanos

Com Diana Gerbelli e convidado.
Dia 06/12, quinta, às 18h30

A artista cria um percurso com um músico convidado ao longo da obra MetaMorfoses – Casulos humanos.

Área externa do Sesc e Praça. Grátis. Livre

Experimento Paisagem

Com Gabriela Leirias, Manuella Karmann, Diana Gerbelli, Bruno Brito e Jaime Prades.
Dia 06/12, quinta às 19h.

Bate-papo sobre os processos artísticos que perpassam a construção narrativa da exposição, sobre questões ambientais e sobre a relação das sociedades predominantemente urbanas que aqui estão com a natureza, a cidade e seu entorno.

Solário. Grátis. Livre.

Programação integrada

Além da exposição, haverá uma série de atividades que integrarão a programação. Confira:

Oficinas de Artes Sustentáveis para crianças

Com Coletivo Olhares Impressos
De 13/12 a 27/01, domingos, das 14h30 às 16h30.

Oficina. Os preços variam entre R$4,00 e R$8,00. Inscrições na Central de Atendimento a partir de 02/01.

Performance Jardim do Luto

Com Teresa Siewerdt
Dia 18/01, sexta, das 19h às 21h.

O público é convidado a plantar sobre o corpo espécies de plantas medicinais.

Convivência. Grátis. Livre.

Maneiras antigas de ver novas paisagens

Com Thiago Franco e Juliana Biscalquin
Dia 19/01, sábado, das 15h às 17h30

Crianças e adultos poderão usar monóculos, binóculos e outras divertidas velharias, para criarem histórias e verem novas paisagens. Os monóculos poderão ser levados para a casa.

Espaço Corpo e Arte. Os preços variam entre R$4,00 e R$8,00. Inscrições na Central de Atendimento a partir de 02/01. A partir de 5 anos (cada criança pode ser acompanhada por dois responsáveis).

Almeida Júnior e a Construção do Imaginário Espacial Caipira

Com Bruno Brito e Francisco de Carvalho
Dia 30/01, quarta, das 19h às 22h.

A atividade parte da pesquisa do artista Bruno Brito sobre a obra do pintor Almeida Júnior, responsável por retratar cenas rurais do interior paulista no final do século XIX. Parte do material diz respeito à região do Vale do Paraíba e do Litoral Norte de São Paulo. O artista convida o historiador Francisco de Carvalho Dias de Andrade para compartilhar e dialogar em torno de sua pesquisa

Auditório. Grátis. Retirada de ingressos com 1 hora de antecedência. Classificação indicativa 16 anos.

O que encontramos no parque? Aquarela e observação

Com Manuella Karmann.
Dia 09/02, sábado, das 15h30 às17h30.

Oficina para crianças que oferece uma vivência no Parque Vicentina Aranha com observação e coleta da natureza. A artista introduz noções básicas de aquarela e desenho com os participantes.

Oficina. Grátis. Inscrições na Central de Atendimento a partir de 1/2. Classificação indicativa 10 anos.

Pintura Viva

Com Yasmim Flores.
Dias 17 e 24/02, domingos, das 14h às 15h (Turmas I e II), e das 16h às 17h (Turmas III e IV).

Experimentações livres com tintas naturais feitas com pigmentos de beterraba, espinafre e cúrcuma, com o objetivo de soltar o gesto e conscientizar sobre as diferentes possibilidades de tintas naturais. Trazer uma troca de roupa para bebês, crianças e acompanhantes.

Oficina. Turmas I e II: bebês de 08 a 30 meses. Turmas III e IV: crianças a partir de 03 anos. Os preços variam entre R$ 4,00 e R$8,00. Inscrições na Central de Atendimento a partir de 1/02. Livre.

O Sesc São José dos Campos fica na Av. Adhemar de Barros, 999 – Jd. São Dimas. Mais informações pelo telefone 12.3904.2000 e no site sescsp.org.br/sjcampos

SERVIÇO

Exposição Experimento Paisagem

De 06/12 a 24/02.
Área de Exposição.

Grátis. Classificação indicativa livre.
Visitação: de terça a sexta, das 13h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 19h