Início Taubaté Alunos de Arquitetura de Taubaté desenvolvem projeto para valorizar o espaço público

Alunos de Arquitetura de Taubaté desenvolvem projeto para valorizar o espaço público

COMPARTILHAR
Fotos: Leonardo Oliveira/ACOM

Para dar boas vindas ao novo ano letivo de uma maneira diferente, os alunos do Diretório Acadêmico do Departamento de Arquitetura da Universidade de Taubaté (UNITAU) decidiram dar continuidade ao projeto de revitalização de locais públicos de Taubaté por meio da pintura com um viés artístico.

A ideia surgiu em 2016, por iniciativa dos alunos que geriam o Diretório na época. No mesmo ano, eles revitalizaram uma praça no centro da cidade e fizeram um trabalho no Instituto São Rafael. Para retomar os trabalhos em 2018, os alunos, auxiliados pela Profa. Ma. Anne Matarazzo, optaram por revitalizar a praça que fica ao lado da Câmara de Vereadores de Taubaté, que fica próxima à Av. do Povo. “Essa praça é um local um pouco apagado e, mesmo com o grande fluxo de pessoas, parte da população não a enxerga. Por isso queremos trazer um pouco mais de cor para trazer destaque para a praça no meio de Taubaté”, conta o aluno João Victor Minari, do 5º semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo e membro do Diretório Acadêmico.

O principal objetivo do projeto é chamar a atenção para os locais públicos da cidade e promover a integração entre os alunos de todos os semestres do Departamento. “Chamamos essas atividades de ateliê vertical: quando nós conseguimos unir todas as turmas do Departamento e desenvolver um trabalho em conjunto”, afirma Minari.

O trabalho conta com a ajuda da artista plástica Sophia Skipka Salgado, dos ex-alunos Caio Marcelino e Breno dos Santos “Mogli”. Cada um dos três realizou um trabalho diferente: Sophia trabalhou com mandalas, que ilustram a reflexão humana, Caio, com o grafite, e Breno, com a imagem de uma pipa, que remete ao lúdico e à infância. “Conheci alguns alunos do curso na semana pedagógica, por causa de um projeto na qual eu faço intervenções em comunidades e instituições por meio da arte, e assim surgiu o convite para esse projeto. Acredito que a arte traz um carinho para os espaços físicos, traz vida e passamos a olhar as coisas com outros olhos”, ressalta a artista plástica.

A importância da ação é promover a vivência da Arquitetura e a reflexão do espaço público. “A Arquitetura busca despertar um olhar para os locais públicos, modificando-os de maneira lúdica e artística. Essa atividade é importante não só para os alunos, que acabam sentindo a profissão na prática, quanto para a sociedade, que começa a refletir sobre o ambiente em que circulam e vivem”, explica a Profa. Ma. Anne Matarazzo, que está coordenando o trabalho junto aos alunos. “Eu sempre tive vontade de fazer algo artístico, como grafite, e a graduação está proporcionando isso. Além disso, conseguimos tocar as pessoas com esse trabalho”, frisa Andressa Guerra, aluna do 1º semestre do curso de Arquitetura e Urbanismo da UNITAU.

A ideia é que o projeto continue no segundo semestre, focando no paisagismo da praça e dando atenção a outros pontos, muitas vezes esquecidos, da cidade.