Início Pindamonhangaba Viaduto Central de Pindamonhangaba receberá obras de reforma do guarda-copo

Viaduto Central de Pindamonhangaba receberá obras de reforma do guarda-copo

Foto: Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba/divulgação

Construído na década de 70, viaduto receberá investimentos de R$ 1 milhão e novo guarda-corpo terá iluminação em LED

A Prefeitura de Pindamonhangaba anunciou o início das obras de reforma do guarda-corpo e melhorias no viaduto central João Kozlowski, na Avenida Dr. Jorge Tibiriçá.

Publicidade

O atual guarda-corpo será substituído por um novo, seguindo as normas instituídas pela ABNT NBR 14718, com chapa perfurada em aço galvanizado e com corrimão duplo e receberá nova pintura e iluminação com instalações elétricas no próprio guarda-corpo com lâmpada LED.

A obra será realizada pela empresa Multivale Construtora e terá uma extensão total de 540 metros, com investimento de R$ 1 milhão. O objetivo da ação é proporcionar maior segurança aos pedestres que utilizam o passeio do viaduto e trazer um visual mais arrojado e acolhedor. A conclusão dos trabalhos está prevista até o final deste ano.

“A empresa já iniciou os trabalhos com a aquisição do material e confecção das peças, que serão instaladas por etapas, diminuindo o transtorno ao trânsito da cidade. A instalação no local terá apoio do Trânsito com operação ‘pare e siga’ para garantir maior segurança em sua execução”, afirmou a secretária de Obras e Planejamento, Marcela Franco.

A Secretaria de Serviços Públicos iniciará nos próximos dias os serviços de manutenção do piso lateral de passagem de pedestres proporcionando mais segurança aos transeuntes. “Queremos agradecer a toda equipe da Secretaria de Planejamento que vem trabalhando há anos nesse projeto e que agora integrada com nossa equipe iremos colocar em prática, trazendo mais segurança e dando uma nova estética ao nosso viaduto”, afirmou o vice-prefeito Ricardo Piorino.

“Trata-se de um projeto moderno e inovador. As placas metálicas perfuradas vão compor o conjunto com toque de modernidade e internamente os balizadores e corrimãos com alturas diferenciadas trarão a funcionalidade, além da iluminação em LED na peça que será outro detalhe que trará um destaque à visão noturna do novo guarda-corpo”, explicou Marcela Franco.

História
Até o início da década de 70, a cidade não possuía viaduto sobre a passagem da linha férrea e sua construção começou a ser discutida durante os governos militares da época. Durante o primeiro mandato do ex-prefeito João Bosco Nogueira (1973-1976), Pindamonhangaba travou uma guerra jurídica para alteração no projeto de construção, pois originalmente a largura do viaduto seria menor. A obra chegou a ser paralisada e foi finalizada em 1978, quando foi inaugurada já na gestão do ex-prefeito Geraldo Alckmin.

Foto: “Centro de Memória Barão Homem de Melo – Pref. Pinda”

“Esse viaduto teria uma largura semelhante ao construído no final da Fortunato Moreira. Há quase 50 anos já planejávamos o crescimento da cidade e lutamos pela alteração do projeto, uma vitória que custou muita luta e que foi muito positiva para a região central ao longo das últimas décadas”, contou o ex-prefeito João Bosco.

Segundo ele, a Rede Ferroviária impôs na época uma dimensão padrão, bem menor que a atual e por essa razão a Prefeitura embargou a obra, que acabou sendo paralisada. “Foi um luta árdua junto ao governo militar e frequentemente recebíamos visitas de coronéis da RFFSA exigindo a suspensão do embargo, sugerindo que nosso mandato poderia até sofrer eventual cassação. Por fim, vencemos e as definições das atuais dimensões foram conquistadas no meu governo”, explicou Bosco.