Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba mantém vacinação contra gripe e sarampo

Pindamonhangaba mantém vacinação contra gripe e sarampo

Foto: Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba/divulgação

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba mantém a vacinação contra gripe e sarampo em diversos pontos da cidade até sexta-feira (dia 6). Na próxima semana haverá inclusão de novos públicos.

Publicidade

Até sexta-feira a vacinação contra gripe será aplicada em gestantes, puérperas, pessoas com 60 anos ou mais, trabalhadores de estabelecimentos de saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos; a imunização contra sarampo será para trabalhadores de estabelecimentos de saúde e crianças de seis meses a menores de cinco anos.

Todos os públicos devem levar documentos pessoais e carteira de vacinação. Quem for trabalhador da saúde ainda deve levar documentos que comprovem o vínculo de serviço.

Confira locais, horários e públicos de cada vacina durante a semana.

Gripe e sarampo para todos os públicos contemplados pelo Governo do Estado
Locais: PSF Jardim, PSF Feital, PSF Eloyna, PSF Triângulo, PSF Santa Cecilia, UBS Azeredo, PSF Vale das Acácias, UBS Ipê II, UBS Vila São Benedito, PSF Arco Iris, PSF Araretama III, UBS Bem Viver, UBS Vila Rica, PSF Cruz Grande, PSF Bonsucesso, PSF Bela Vista e PSF Jardim Imperial.
Das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas

Gripe e sarampo
Local: sala de vacina central (CIAF/Saúde da Mulher)
Crianças por faixa etária:
Quinta-feira: 3 anos
Sexta-feira: 4 anos

Gripe e sarampo
UBS Crispim
Até sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas
Para crianças de seis meses a menores de cinco anos

Gripe e sarampo
PSF Cidade Jardim
Até sexta-feira, das 13 às 16 horas:
Para todos os grupos contemplados nas campanhas de vacinação

Apenas Gripe
Estacionamento Shibata Centro
Segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas
Para toda população a partir de 12 anos contemplados na campanha de vacinação contra gripe.

Atenção:
As pessoas devem levar documento de identificação e comprovante de residência.
Quem trabalha em estabelecimentos de saúde deve levar documentos que comprovem o vínculo de emprego. Para os dos casos, é importante levar a careira de vacinação.