Início Pindamonhangaba Atendimentos nos NAPs começam a partir do dia 28 em Pindamonhangaba

Atendimentos nos NAPs começam a partir do dia 28 em Pindamonhangaba

Foto: divulgação/ PMP

A Prefeitura de Pindamonhangaba vai iniciar atendimento nas unidades do NAP (Núcleo de Atendimento Psicopedagógico) a partir do dia 28 de fevereiro. A novidade para este ano é que a Prefeitura vai triplicar o atendimento, passando a atender até 500 alunos da rede municipal, com um investimento de R$ 3 milhões.

Publicidade

A secretária de Educação, Luciana Ferreira, explicou que o fluxo de encaminhamento das crianças com suspeita e diagnóstico de deficiência, transtorno de aprendizagem, síndromes e transtornos está sendo desenhado para agilizar os planos de atendimento e avaliação da equipe dos NAPs Pasin e Bela Vista (gerenciados pela Secretaria de Educação), que encaminham para os outros quatro NAPs – do próprio Pasin que funciona no mesmo edifício, além do Araretama, Cidade Nova e Centro.

Além desse trabalho, os NAPs contribuem com o fechamento de diagnóstico em parceria com a equipe da Secretaria de Saúde do município.

A secretária destacou que as unidades dos NAPs (Centro, Araretama, Cidade Nova e Pasin) vão oferecer aos alunos os serviços de psicologia, fonoaudiologia, psicomotricidade e arteterapia.

A notícia foi anunciada em coletiva à imprensa pelo prefeito Dr. Isael Domingues na última semana, quando assinou o Termo de Colaboração Técnica e Financeira com a nova instituição que irá prestar os serviços, Instituto de Formação e Ação em Políticas Sociais para a Cidadania (INFAP).

Na ocasião, o representante do INFAP, Mozart Ladenthin Júnior, também participou do evento e assinou o termo para início imediato das atividades.

Segundo o secretário adjunto, Fabiano Vanone, a Prefeitura vem melhorando todos os contratos de atendimento às crianças especiais. “Ampliamos o atendimento da Equoterapia e também reforçamos nosso convênio com a APAE sempre visando incrementar os serviços”.

A secretária Luciana Ferreira comemorou o avanço do setor e ressaltou que “a ação é mais uma meta atingida na gestão que visa proporcionar qualidade ao atendimento das nossas crianças que necessitam desse suporte em seu processo de aprendizagem”.

O prefeito Dr. Isael Domingues ressaltou que os avanços que a política de apoio psicopedagógico sofreu nos últimos anos nunca foram realizados anteriormente na história da educação no município. “Todo cuidado que a gestão tem com esse público é um carinho especial e uma forma de dividir com os pais essa responsabilidade. O poder público tem a obrigação de preparar melhor essa criança para o mundo e o que podemos fazer é proporcionar que ela tenha mais autonomia”, afirmou.