Início Taubaté Áudio-tour “Eis-Me Aqui!” chega a Taubaté nesta sexta com novos olhares sobre...

Áudio-tour “Eis-Me Aqui!” chega a Taubaté nesta sexta com novos olhares sobre o centro urbano

Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa

A Cia. do Trailler – Teatro em Movimento, de São José dos Campos está na estrada, com a temporada do espetáculo híbrido “Eis-Me Aqui! Entre o flanar e outras formas de perder-se”, em formato de áudio-tour. Com a proposta de convidar o público a perceber os centros urbanos e as relações humanas além da correria cotidiana das cidades, o grupo desembarca nesta sexta, 17, em Taubaté.

Publicidade

O ponto de partida será a praça Monsenhor Silva Barros (“praça da Eletro”), a partir das 15h. Para participar do evento, que é gratuito e limitado a 30 pessoas, é necessário fazer inscrição com antecedência pelo WhatsApp – (12) 98818-2714 – ou pelo link https://linktr.ee/ciadotrailler – e retirar um fone de ouvido no ponto de encontro antes do início da apresentação.

Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa

A peça é uma experiência de caminhada sonora, teatral e performática pelo centro da cidade. “O áudio-tour começou a seu utilizado na década de 50, nas visitas guiadas em museus e, por volta da década de 70, foi apropriado por grupos que o transformaram em linguagem estética e artística”, explica a atriz Caren Ruaro. “O público não vai só fazer esse passeio ouvindo um áudio. Ao longo do trajeto, haverá interferência de atores, dançarinos, da própria arquitetura da cidade, de uma dramaturgia que foi pensada para este caminho”, completa. O trabalho resulta da pesquisa da Cia. Do Trailler sobre a obra do escritor irlandês Samuel Beckett.

“Eis-Me Aqui! Entre o flanar e outras formas de perder-se” traz em si um convite ao público para repensar o próprio ambiente urbano. “A gente entende que as ruas, calçadas e praças precisam ser vistas como espaços públicos a serem ocupados e não apenas como lugares de passagem, de resolver burocracias. Precisam ser desfrutados como locais de convivência, de ver arte e de ter entretenimento também, por que não?”, provoca a atriz.

Aprovado pelo edital Expresso Lab, do Programa de Ação Cultural (ProAC), o projeto “A Procura do Nada”, ideia de Marcelo Denny (in memorian) e André Ravasco (que assina a direção geral), que deu origem ao “Eis-me Aqui!”, ainda terá apresentações em São Paulo (18/12) e em São José do Rio Preto (20/12), encerrando sua temporada em São José dos Campos (22/12).

Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa

“Eis-Me Aqui! – Entre o Flanar e Outras Formas de Perder-se” – como, onde e quando:

Inscrições pelo Whatsapp: (12) 98818-2714. Ou pelo link https://linktr.ee/ciadotrailler.

Até 15/12 – São José dos Campos. Ponto de partida: Praça Afonso Pena, às 14h.

17/12 – Taubaté. Ponto de partida: Praça Monsenhor Silva Barros (“Praça da Eletro”), às 15h.

18/12 – São Paulo. Ponto de partida: Praça da República, às 14h.

20/12 – São José do Rio Preto. Ponto de partida: Praça Don José Marcondes, às 10h.

22/12 – São José dos Campos. Ponto de partida: Praça Afonso Pena, às 14h.

Entrada gratuita.

*****

#CiaDoTraillerNaEstrada

A Cia do Trailler – Teatro em Movimento é um grupo teatral joseense com 19 anos de atuação em todo território nacional. A pesquisa do grupo é focada no hibridismo de linguagens (teatro, artes visuais, música, performance, dança, documentário, audiovisual e audiotour) como possibilidade nas artes cênicas contemporâneas, o que já resultou em inúmeros espetáculos e performances como: “Medealíquida”, “Delirium Áudio Tour: Um rito Poético Efêmero para Transcendências Urgentes”, “Experimento Desterro.Doc”, “A Ponte – Memórias de Um Grito Suspenso”, “E se?”, entre outros.

Além de sua atuação na produção de espetáculos, o grupo mantém como sede, desde 2012, o Teatro Marcelo Denny (Teatro da Rua Eliza), um espaço que oferece programação cultural e pedagógica em São José dos Campos.

Confira a agenda e novidades do grupo pelos canais: Instagram (@ciadotrailler) e Facebook (facebook.com/ciadotrailler).

Ficha técnica:

“Eis-Me Aqui! Entre o flanar e outras formas de perder-se”.

Ideia original: Marcelo Denny (in memoria) e André Ravasco;

Direção geral: André Ravasco;

Direção musical e sound designer: Marco Antônio Machado;

Dramaturgia: Rogério Guarapiran;

Figurinos e  adereços: Pitiu Bonfim;

Atuantes: Andrei Gonçalves, Caren Ruaro, Guilherme Venancio, Laura Ramalho ,  Luan Fonseca,  Simone Sobreda. Apresentando: Maria Alice Ruaro;

Operador de áudio: Rodrigo Roman;

Narradores (áudios) – Donizetti Mazonas, Andreia Barros, Maria Alice Ruaro, Angelica Almeida, Josy Airam, Marco Antônio Machado, Guilherme Venancio, Luan Fonseca, Laura Ramalho, Caren Ruaro, Andrei Gonçalves, André Ravasco, Rodrigo Roman, Raquel Rosa, Pamela de Oliveira, Erika Pontes, Eduardo Victor e Helen Martins;

Produção: André Ravasco e Guia;

Produção local: Antonio Anttunesp (Taubaté), Leandro Basílio (São Paulo), Andreia Capelli (São José do Rio Preto).

Orientação de pesquisa; Vinicius Torres Machado;

Estúdio de gravação (São José dos Campos): Guilherme Crispim;

Estúdio de gravação (São Paulo): Pedro Canalis;

Assessoria de imprensa: Cris Lopes – MTB: 36643.

Designer gráfico: Felipe Uchôas.