Início Pindamonhangaba Pinda continua vacinação contra Covid-19 na quarta-feira (17) com horários estendidos

Pinda continua vacinação contra Covid-19 na quarta-feira (17) com horários estendidos

Foto: divulgação/PMP

A Secretaria de Saúde de Pindamonhangaba informou que continua a vacinação contra a Covid-19 para todos os públicos na quarta-feira (17), incluindo terceira dose para profissionais de educação com 47 anos ou mais. Confira públicos, locais e horários, que serão estendidos até 19 horas em algumas unidades.

Publicidade

1ª dose: 12 anos ou mais (incluindo gestantes e puérperas) para se vacinar com Pfizer
Das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas: UBS Ipê 2, PSF Cidade Nova e PSF Nova Esperança (Araretema).
Das 13 às 16 horas: CIAF (Saúde da Mulher).
Das 9 às 16 horas; Praça Monsenhor Marcondes.

1ª dose: 18 anos ou mais (incluindo gestantes e puérperas)
Das 8 às 11 horas: Disponível em todas as unidades de saúde do município, exceto Maricá.

2ª dose:
Coronavac (pacientes com 1ª dose até 3 de novembro)
Das 8 às 11 horas: Disponível em todas as unidades de saúde do município (exceto Maricá, PSF Cidade Nova, PSF Nova Esperança). Obs. Sujeito à agendamento.
Das 16 às 19 horas: UBS Ipê II e CIAF Saúde da Mulher.

Pfizer (pacientes com 1ª dose até 22 de setembro)
Das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas: PSF Cidade Nova e PSF Nova Esperança (Araretema)
Das 8 às 11 horas e das 13 às 19 horas: UBS Ipê 2
Das 13 às 19 horas: CIAF (Saúde da Mulher)
Das 9 às 16 horas; Praça Monsenhor Marcondes.

Astrazeneca (pacientes com 1ª dose até 22 de setembro)
Em caso de falta, será aplicada Pfizer conforme orientação do Ministério da Saúde.
Das 13 às 16 horas: Disponível em todas as unidades de saúde do município (exceto Maricá, PSF Cidade Nova, PSF Nova Esperança)
Das 16 às 19 horas: UBS Ipê 2 e CIAF (Saúde da Mulher)

OBS: As vacinas de 1ª dose (18 anos ou mais), 2ª dose de Astrazeneca, de Coronavac e 3ª dose para idosos de 60 anos ou mais e alto grau de imunossupressão estão sujeitas a agendamento, pois o número de pessoas que estão comparecendo para tomar a vacina é menor que o número de doses do frasco. Assim, para que não haja perda de vacinas, pode ser necessário o agendamento.

3ª dose (dose adicional)
Idosos com 60 anos ou mais com esquema vacinal completo há 6 meses e pessoas com alto grau de imunossupressão. (Esquema vacinal completo há pelo menos 28 dias, independente do tipo de vacina recebida):
Das 8 às 11 horas: Disponível em todas as unidades de saúde do município (exceto Maricá).
Das 13 às 16 horas: PSF Cidade Nova e PSF Nova Esperança (Araretama)
Das 13 às 19 horas: UBS Ipê 2 e CIAF (Saúde da Mulher).
Das 9 às 16 horas; Praça Monsenhor Marcondes.

Profissionais de educação com 47 anos ou mais e Profissionais de Saúde com esquema vacinal completo há 6 meses:
Das 8 às 11 horas e 13 às 16 horas: PSF Cidade Nova e PSF Nova Esperança (Araretema).
Das 13 às 19 horas: UBS Ipê 2 e CIAF (Saúde da Mulher).
Das 9 às 16 horas; Praça Monsenhor Marcondes.

Atenção

  • A Secretaria de Saúde informa que os frascos de vacina são multidoses e possuem validade de 6 até 8 horas após abertos. Assim, para evitar desperdício, pode ser solicitado àqueles que chegarem próximo ao horário de encerramento que retornem outro dia. Pedimos a compreensão.
  • Todos precisam levar um documento de identificação (RG ou CPF), comprovante de endereço e o termo de vacinação preenchido (disponibilizado no site da Prefeitura). Originais e cópias.
  • Quem perdeu a carteirinha de vacinação da Covid-19, favor procurar o posto que irá tomar a próxima dose e pedir a segunda via. É necessário levar um documento com foto e preferencialmente informar o dia que tomou a primeira dose.

Grau de imunossupressão
Indivíduos que possuam: I – Imunodeficiência primária grave; II – Quimioterapia para câncer; III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras; IV – Pessoas vivendo com HIV/Aids com CD4 < 200 cel/mm3; V – Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias; VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune*; VII – Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise); VIII – Pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas (reumatológicas, auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias);
*Drogas modificadores de resposta imune consideradas para fim de elegibilidade a dose adicional da vacina para pessoas imunossuprimidas (checar no informe técnico).

Profissionais de educação
São considerados profissionais de educação todos que trabalham com educação ou dentro de unidades escolares – professores, auxiliares, inspetores de alunos, diretores de unidade escolar, e demais profissionais de apoio.