Início Pindamonhangaba Vigilância Epidemiológica de Pindamonhangaba intensifica trabalho contra dengue

Vigilância Epidemiológica de Pindamonhangaba intensifica trabalho contra dengue

Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa

A equipe da Vigilância Epidemiológica e de Controle de Vetores da Prefeitura de Pindamonhangaba prossegue o trabalho de visita domiciliar com orientações para o combate à dengue e pede apoio da população para eliminação de focos do criadouro do mosquito transmissor.

Apesar do trabalho mais intenso acontecer de janeiro a junho, período de altas temperaturas e chuvas intensas, os agentes da Vigilância Epidemiológica continuam com as ações no segundo semestre, época do ano em que o número de casos diminui consideravelmente.

Publicidade

Durante as visitas realizadas pelos agentes, além das orientações sobre a doença e de como evitar a proliferação dos mosquitos transmissores, a equipe da Vigilância retira e inutiliza todo tipo de criadouro que é encontrado no momento da inspeção.
A cada três meses a equipe realiza uma avaliação do cronograma de visitas que pode variar conforme os dados das últimas visitas, segundo preconiza o Ministério da Saúde e a Superintendência de Controle de Endemias do Estado de São Paulo (SUCEN – SR03 Taubaté).

“Na época mais quente intensificamos os trabalhos, principalmente nos bairros que apresentam mais casos ou qualquer outra arbovirose (chycungunia, zica vírus e febre amarela). Ao ser detectado uma transmissão, é desencadeado um trabalho de bloqueios de controle de criadouros e a aplicação de inseticida no interior das casas, bem como a realização de termonebulização (fumacê) para tentar cessar essas transmissões”, explicou o coordenador do Programa de Saúde da Vigilância Epidemiológica, Ricardo Costa Manso

Em 2021, a equipe vem trabalhando fortemente com educação e comunicação sobre os assuntos que dizem respeito a dengue e outros animais sinantrópicos, através de palestras, exposições e campanhas nas mídias e redes sociais, para que a população além de tomar os cuidados em suas residências seja também multiplicadora dessas informações para diminuição dos problemas a saúde causados por essas pragas.

Número de casos
Pindamonhangaba registrou neste ano 1.204 casos, contra 1.967 notificações em 2020, 194 casos em 2019 e apenas 40 casos em 2018, entre autóctones e importados.

“Pedimos que a população realize com frequência o check list indicado nesta matéria, pois todo cuidado é pouco e trabalhando com prevenção vamos evitar que em 2022 os casos de dengue e outras doenças aumentem. Essa luta é de todos nós”, ressaltou a secretária de Saúde, Ana Cláudia Macedo.

Dicas para a comunidade ajudar no combate à Dengue

• Evitar acúmulo de água por mais de 7 dias em qualquer lugar da casa.
• Não acumular água em vasos e pratos de planta.
• Guardar garrafa, potes e todo utensílio que possam acumular água em local coberto ou de forma que não acumule água.
• Não acumular pneus em local descoberto.
• Limpar seus quintais periodicamente.
• Não deixar mato alto no quintal e terrenos baldios.
• Limpar e higienizar caixa d’água semestralmente.
• Desentupir calhas e viabilização de água da chuva.
• Limpar e adicionar cloro ou desinfetante nos ralos internos e externos.
• Evitar acúmulo de lixo ou limpeza de terreno por muito tempo em determinados locais.