Início Pindamonhangaba Tenaris lança o site da Fototeca e inicia capacitação para os professores...

Tenaris lança o site da Fototeca e inicia capacitação para os professores da rede municipal de ensino

Imagem: arquivo/Fototeca

O evento acontecerá online, como parte das festividades dos 316 anos de Pinda.

Iniciativa da Tenaris no Brasil, desde 2018, o programa Fototeca é desenvolvido no Palacete 10 de Julho, em parceria com a Secretaria de Cultura e Turismo de Pinda. O site já conta com mais de 4.600 fotos catalogadas e digitalizadas, originárias do acervo histórico municipal.

Publicidade

O lançamento oficial do site acontecerá no próximo dia 21 de julho, às 19h, pelo Facebook da Tenaris: Comunidade Tenaris. Será uma live que terá a participação dos representantes da Tenaris, Prefeitura e Secretaria de Cultura. Toda a comunidade está convidada a participar e prestigiar a entrega desse presente para a cidade de Pindamonhangaba.

Imagem: arquivo/Fototeca

Para o Secretário Municipal de Cultura e Turismo de Pindamonhangaba, Alcemir Palma, a criação da Fototeca é importantíssima enquanto espaço de registro do patrimônio da cidade, pois armazena imagens que já foram digitalizadas e catalogadas, ficando agora disponíveis para o acesso público. “Entendemos que o espaço é a garantia do direito à memória de todos que contribuíram para a formação da cidade atual”.  

“Queremos agradecer todo o apoio da empresa Tenaris neste projeto que democratiza o acesso da nossa população ao conhecimento da nossa história e da nossa cultura. Nossa gestão está focada na modernização dos processos e a digitalização desse acervo histórico e fotográfico de Pindamonhangaba é mais um passo importante nesse sentido. Um grande presente que a cidade recebe neste mês em que celebra 316 anos”, afirma o Prefeito Dr. Isael Domingues.

Luiz Henrique Marcondes, Diretor de Recursos Humanos da Tenaris no Brasil, explica que “o lema da Empresa é sempre estar de mãos dadas com a comunidade, cumprindo com seu projeto industrial de longo prazo, através das ações de impacto na comunidade nas áreas de educação, cultura e saúde. A Fototeca é exemplo disso, um importante programa de cultura da Organização Techint, e foi implementado em Pinda pois entendemos que através dessa parceria com a Prefeitura, podemos fomentar a cultura, fortalecer as tradições e preservar as memórias dessa cidade tão importante na história do Brasil e da Tenaris”.

As Fototecas mantidas pela Organização Techint – em San Nicolás, Campana na Argentina, em Monterrey, no México e Pindamonhangaba, no Brasil – têm por objetivo preservar e difundir a memória fotográfica das comunidades nas quais a Organização atua. As atividades do programa envolvem a higienização, conservação, catalogação e digitalização do acervo histórico fotográfico da cidade. A etapa final consiste na publicação do acervo digital em um site público para consulta e pesquisa da população.

Formação para a rede municipal de educação

Nos dias 7 e 8 de julho, a Tenaris no Brasil deu início ao curso “Formação para formadores – saberes territoriais: aprendendo e ensinando com a FOTOTECA”, para dois grupos de professores da rede municipal de educação, totalizando 122 educadores. A formação visa capacitar os professores para utilização do acervo fotográfico da Fototeca, como recurso didático pedagógico, alinhando currículo e saberes territoriais. O foco principal é ampliar o conhecimento sobre a cidade e fomentar estratégias pedagógicas, proporcionando um alinhamento entre o currículo escolar e o projeto da Fototeca.

A carga horária para certificação é de 30 horas com apostilas digitais e vídeos de apoio, acesso ao banco de atividades e jogos interativos, tour virtual pelo Palacete 10 de Julho e Fototeca, e entrega de certificado. A condução está sendo feita pela professora Verônica Caetano.

A professora Verônica Caetano, que conduzirá a capacitação – Imagem: arquivo/Fototeca

Esta capacitação é uma extensão do programa “Fototeca da Tenaris”, desenvolvido em parceria com a Secretaria da Cultura e Turismo e com a Secretaria da Educação de Pindamonhangaba.

Segundo Luciana de Oliveira Ferreira, Secretária Municipal de Educação, “é um momento rico compartilhar com os professores a possibilidade de visitar virtualmente o projeto, potencializando o uso das ferramentas digitais, além de subsidiá-los para a exploração dos conteúdos a serem trabalhados nas aulas. Essa ação ainda fomentará o aprendizado por intermédio dos conhecimentos apresentados e a circulação dos saberes dos participantes”.