Início Caraguatatuba Suspeito de matar ex-mulher e duas filhas a facadas resiste a prisão...

Suspeito de matar ex-mulher e duas filhas a facadas resiste a prisão e acaba morto em Caraguatatuba

Foto: divulgação

Na noite desta quinta-feira (15), um homem, suspeito de matar a ex-mulher e suas duas filhas a facadas na Martin de Sá, resistiu a prisão e acabou morto pela polícia em Caraguatatuba.

Publicidade

De acordo com informações, o homem era ex-marido da mulher e suspeito de cometer o crime em uma residência próxima à praia. Ele teria invadido a residência e golpeado a facadas a ex-mulher de 40 anos. As duas filhas da mulher, de 15 e 13 anos, também foram esfaqueadas, não resistiram e morreram no local. Uma terceira filha, de 9 anos, também foi ferida mas conseguiu fugir e pedir ajuda ao Grupamento de Bombeiros Marítimo. Ela foi encaminhada ao Hospital Stella Maris e não corre risco de morte.

Após o crime, o autor fugiu e estava sendo procurado pela polícia. Ele foi localizado pela polícia no bairro Jetuba e acabou sendo morto após resistir à ordem de prisão.

Nota oficial da Secretaria de Segurança Pública sobre o caso

Um homem, de 37 anos, foi morto após resistir a uma abordagem policial na madrugada desta sexta-feira (16), em Caraguatatuba. O autor era procurado por um triplo homicídio ocorrido no município.

Policiais militares foram acionados para uma ocorrência triplo homicídio consumado e um homicídio tentado no bairro Martim de Sá. No local, haviam três mulheres com golpes de faca, posteriormente identificadas como sendo uma mulher, de 40 anos, e suas de 15 e 13. A mais nova foi socorrida ao hospital local, mas não resistiu.

Ela foi localizada na edícula nos fundos do imóvel, trajando somente roupa íntima. No interior da casa principal, no corredor de acesso aos quartos, foi localizada a vítima a outra filha. No quarto de casal, foi localizada a esposa com diversos golpes de faca, com indícios de luta corporal.

Durante a madrugada desta sexta feira, policiais visualizaram o autor na bairro Massaguaçu. Ele tentou fugir correndo para um terreno baldio, então os policiais foram no seu encalço, e quando se aproximaram do mesmo, munido de uma faca reagiu, partindo para cima dos policiais, desferindo vários golpes de faca em sua direção, acertando-o no braço, momento em que foi necessário realizar dois disparos de arma de fogo.

Após o corrido, foi acionado o resgate, comparecendo no local uma viatura do corpo de bombeiros, que atestou o óbito.

Foi solicitada perícia para ambos os locais. Os casos foram registrados como homicídio e morte decorrente de intervenção policial.

*Atualizado em 16/07/2021 às 13h18