Início Pindamonhangaba Curso de qualificação do Via Rápida inclui bolsa-auxílio de R$210,00 em Pinda

Curso de qualificação do Via Rápida inclui bolsa-auxílio de R$210,00 em Pinda

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Pindamonhangaba destaca, nesta semana, a abertura do curso de Porteiro e Controlador de Acesso por meio do Via Rápida Emprego. As aulas serão online e começam dia 4 de agosto no período da noite.

Os interessados devem fazer a inscrição pelo link http://www.cursosviarapida.sp.gov.br/ até 27 de julho. Além de gratuita, a capacitação conta ainda com uma bolsa-auxílio no valor de R$210,00 para os selecionados.

Publicidade

Podem receber a bolsa-auxílio jovens e adultos maiores de 16 anos, alfabetizados, domiciliados no Estado de São Paulo, desempregados que atendam os requisitos de escolaridade ou condição especial fixada para determinado curso, matriculados nos cursos de qualificação profissional oferecidos nos formatos: presencial, semipresencial e remoto (curso online com aulas ao vivo e professor). O estudante será considerado apto a receber a bolsa-auxílio pelas informações prestadas na inscrição.

O pagamento da bolsa-auxílio se dará após a aferição de frequência no 10º dia de aula, podendo ser realizado, inclusive, após o término do curso. Após a disponibilização da bolsa-auxílio, o valor ficará à disposição do estudante pelo prazo de 30 dias. Este prazo não é prorrogável.

O curso de Porteiro e Controlador de Acesso capacita o aluno a recepcionar e orientar moradores de condomínios ou usuários de edifícios comerciais e empresas públicas ou privadas, zelando pela segurança pessoal e patrimonial.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Pindamonhangaba, Roderley Miotto, os cursos ampliam a preparação profissional de quem está ingressando ou retornando ao mercado de trabalho. “Os cursos, além de serem gratuitos, oferecem qualificação profissional para jovens e adultos em busca de melhores oportunidades de emprego e geração de renda. É uma ótima oportunidade para os jovens avançarem na qualificação profissional e, de quebra, receberem um auxílio financeiro”, finaliza Roderley.