Início Pindamonhangaba Gerdau Summit abre 32 vagas de trabalho para mulheres em Pindamonhangaba

Gerdau Summit abre 32 vagas de trabalho para mulheres em Pindamonhangaba

© Agência Brasília

Programa Pertencer, da Gerdau, busca capacitar mulheres e abrir as portas da indústria do aço para o público feminino

A Gerdau Summit, joint venture entre Gerdau e as japonesas Sumitomo Corporation e The Japan Steel Works (JSW) voltada ao fornecimento de peças para a geração de energia eólica, anuncia 32 vagas destinadas a mulheres na unidade da empresa localizada na cidade de Pindamonhangaba (SP). As oportunidades para as áreas de Usinagem, Manutenção, Forjaria e Fundição são parte do Programa Pertencer, iniciativa da Gerdau para capacitação profissional e inserção no mercado de trabalho de mulheres e outros grupos específicos. As inscrições acontecem entre os dias 24 de maio e 4 de junho pelo formulário do programa .

As vagas são destinadas a mulheres entre 18 e 22 anos com ensino médio completo. O processo seletivo acontece em três etapas: teste aplicado pelo Senai, dinâmica em grupo e entrevista com a área de Pessoas e Liderança. As candidatas selecionadas serão contratadas como aprendizes e iniciam o programa, que tem duração de dois anos, no dia 26 de julho. Das oito horas diárias de jornada laboral, quatro são usadas em cursos ministrados pelo SENAI – Mecânico de Usinagem e Mecânico de Manutenção – e o restante em atividades práticas na empresa. Os benefícios incluem convênio médico, transporte fretado e refeição na unidade da empresa.

Publicidade

O Programa Pertencer é mais uma iniciativa da Gerdau que promove a diversidade e a inclusão no ambiente de trabalho, contribuindo para uma mudança real no setor. “Visamos promover um ambiente de trabalho diverso e inclusivo, produtivo e colaborativo, onde haja respeito e oportunidades iguais para todos. Capacitar mulheres faz parte dessa jornada em busca da diversidade, abrindo as portas da indústria do aço para essas profissionais”, afirma Michele Robert, CEO da Gerdau Summit – primeira liderança feminina a assumir o cargo.

Serviço

Programa Pertencer
Prazo de inscrição: 24 de maio a 4 de junho
Como se inscrever: formulário online .
Áreas: Usinagem, Manutenção, Forjaria e Fundição.
Quem pode se inscrever: mulheres de 18 a 22 anos com ensino médio completo.
Localidades: Candidatas residentes em Pindamonhangaba, Taubaté e Guaratinguetá (SP)

Sobre a Gerdau, uma empresa de 120 anos

A Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Em janeiro deste ano, completou 120 anos de uma história de solidez, contribuição para o desenvolvimento e legado para uma sociedade em evolução constante. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 10 países e conta com mais de 30 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 73% do aço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, são 11 milhões de toneladas de sucata que são transformadas em diversos produtos de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).

Nossa história

Da fábrica familiar de pregos em Porto Alegre (RS) a uma gigante da cadeia do aço internacional, a trajetória da Gerdau começa a partir da compra da Cia Fábrica de Pregos Pontas de Paris por João Gerdau, em 1901. O imigrante alemão marcou seu pioneirismo empreendedor, que se tornou a chama que se mantém acesa até hoje, 120 anos após sua fundação. Na última década, a Gerdau segue fazendo história por meio de uma transformação cultural e digital baseada no compromisso de moldar um futuro cada vez mais sustentável.