Início Pindamonhangaba Emprego em Pinda tem o segundo melhor índice da região

Emprego em Pinda tem o segundo melhor índice da região

© Marcello Casal/Agência Brasil

Pindamonhangaba registrou um saldo positivo de 177 novas vagas no mercado de trabalho no último mês de janeiro. Dentre as maiores cidades do Vale do Paraíba, Pinda ficou na segunda colocação com a maior variação média, atrás somente de Caçapava que teve um saldo positivo de 296 novos empregos.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira (16) pelo CAGED (Cadastro Geral do Emprego) do Ministério do Trabalho e Emprego. Em janeiro deste ano, Pindamonhangaba gerou 944 admissões no mercado de trabalho e 767 demissões, registrando variação média maior que cidades como São José dos Campos e Taubaté.

Publicidade

A variação média demonstra a evolução do comportamento total de carteiras assinadas em relação ao mês anterior. Em dezembro de 2020, Pindamonhangaba registrava 32.150 trabalhadores registrados contra 32.327, portanto uma variação positiva de 0,55%.

Em virtude da pandemia, no acumulado dos últimos 12 meses (fevereiro de 2020 a janeiro de 2021), os municípios da região ainda estão no vermelho. Pindamonhangaba registrou neste período a abertura de 8.800 postos de trabalho e o fechamento de 9.277 vagas, deixando um déficit de 477 vagas na economia, e uma variação de -1,45%. Das maiores cidades da região São José perdeu nos últimos 12 meses 5.171 vagas e Taubaté 2.942.

Boas expectativas
“O quadro mostra que as cidades estão em fase de recuperação. Revertemos a curva decrescente e agora devemos buscar ambiente e condições para reverter o grande déficit sofrido em 2020. Estamos trabalhando com muita vontade e acelerando para criar novas oportunidades em Pinda”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Roderley Miotto.

O prefeito Isael Domingues acredita que os próximos números de fevereiro e de março trarão um quadro ainda melhor. “Estamos tentando com nossas ações locais amenizar ao máximo, principalmente para os setores do comércio e serviços, os efeitos da pandemia, proporcionando um clima favorável para o desenvolvimento da cidade”.
Segundo ele, abertura de novas empresas como a segunda unidade da rede Shibata, irá aquecer a economia com mais oportunidades de trabalho e renda.