Início São José dos Campos Câmera do COI ajuda Polícia Militar a prender ladrão no centro de...

Câmera do COI ajuda Polícia Militar a prender ladrão no centro de São José dos Campos

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

Policiais militares prenderam um ladrão na madrugada desta sexta-feira (14) após ele furtar uma bomba d’água no estacionamento da Caixa Econômica Federal da rua 15 de Novembro, na região central de São José dos Campos.

A ação foi flagrada às 23h53 desta quinta-feira (13) pelo monitoramento do COI, que acionou as viaturas. Apenas 10 minutos depois, o criminoso foi detido na praça da Matriz, nas proximidades do local do furto.

Publicidade

A ocorrência foi encaminhada ao 3° DP e o indivíduo permaneceu à disposição da justiça.

Foto: divulgação /Polícia Militar

“Mais uma vez, as câmeras do COI nos ajudaram a prender um criminoso rapidamente. Este videomonitoramento tem sido fundamental para que possamos prestar à população um serviço mais eficiente, ampliando a segurança em nossa cidade”, disse a major Angélica Alves da Silva, chefe da Divisão Operacional do CPI-1 (Comando de Policiamento do Interior) e responsável pelo Copom (Centro de Operações da Polícia Militar) de São José.

“A parceria com a Prefeitura através do programa São José Unida tem sido sensacional. São José é exemplo e referência para todo o Brasil e a prova de que, com união de esforços, é possível reduzir a criminalidade. A população ganhou muito com este diferencial e tem sido a maior beneficiada”, completou.

São José Unida

A prisão do ladrão efetuada nesta sexta com a ajuda de câmeras do COI não é fato isolado. As imagens e dados dos equipamentos de videomonitoramento e dos Portais de Segurança são acompanhados em tempo real pelas polícias Civil e Militar, o que garante mais eficiência e agilidade ao trabalho diário das forças de segurança.

O sistema foi incrementado com a criação, pela Prefeitura, do programa São José Unida em 2017. Desde que foi implantado, os índices de criminalidade têm caído mês a mês. Em 2020 e em 2019, a cidade registrou as menores taxas de homicídios, roubos e roubos de veículos desde 2002, quando teve início a série histórica da SSP (Secretaria de Estado da Segurança Pública).

“Antes do programa São José Unida, tínhamos que enviar ofícios à Prefeitura solicitando acesso às imagens das câmeras do COI. Atualmente, na Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) temos acesso em tempo real às imagens, o que tem feito diferença e agilizado a solução dos crimes”, disse o chefe dos investigadores do Deinter-1, Amaury dos Santos.

“Hoje, em 95% dos casos de homicídios e furtos e roubos de veículos temos a ajuda das câmeras do COI e dos Portais de Segurança. Estas imagens e fotos ajudam não apenas na solução dos crimes. Elas também servem de provas técnicas utilizadas na instrução de inquéritos policiais.”

Com o São José Unida, o índice de solução de homicídios em São José atualmente é de 92%, de acordo com o Deinter-1 (Departamento de Polícia Judiciária do Interior).

Em 2016, ano anterior à criação do São José Unida, o índice de solução de assassinatos era, em média, de 55%, de acordo com a Polícia Civil.

Pioneirismo

Vanguarda em diversas áreas, São José é referência na área de segurança por meio de videomonitoramento público por câmeras.

O município foi um dos pioneiros do Brasil na implantação de câmeras de vigilância nas vias públicas com a criação do COI em 2001. O modelo já foi copiado por várias cidades de São Paulo e do país.

Profissionais da área de segurança pública fazem o monitoramento das imagens capturadas pelas 493 câmeras instaladas em toda a cidade, centralizadas no COI, que funcionam 24 horas por dia.

Na central, trabalham em conjunto equipes da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Defesa Civil, Secretaria de Mobilidade Urbana e Secretaria de Apoio Social ao Cidadão.

Além da vigilância por câmeras, o COI também administra e monitora os sistemas de alarmes de prédios públicos municipais, como escolas, creches e UBS’s (Unidades Básica de Saúde), além de gerenciar o emprego da frota oficial nos atendimentos emergenciais. Cerca de 450 alarmes eletrônicos estão instalados nos equipamentos públicos.

Cidade Inteligente

O videomonitoramento nas ruas de São José terá ainda mais avanço neste ano. As atuais 493 câmeras de vigilância serão substituídas por 1.000 com inteligência e reconhecimento facial por toda a cidade, implantação do CSI (Centro de Segurança Integrada), interligação semafórica e internet gratuita à população nas praças, parques e prédios públicos, como escolas, unidades de saúde, poliesportivos e Casas do Idoso. Já foram implantadas cerca de 300 unidades.

Trata-se do melhor projeto de segurança do país. O Cidade Inteligente (SCaaS – Smart City as a Service) é um conjunto de ações inovadoras que serão utilizadas para otimizar a segurança pública por meio de recursos de inteligência e dados digitais.

A novidade beneficiará também setores como Mobilidade Urbana, Saúde, Educação, Defesa Civil, Bombeiros, Guarda Civil Municipal e polícias Civil e Militar, fazendo com que as pessoas tenham mais qualidade de vida.

As novas câmeras irão produzir imagens em full HD, sendo algumas delas com visão geral panorâmica.

As imagens contemplarão o serviço de inteligência, que possibilitará ainda o reconhecimento facial e leitura de placas de veículos. As imagens serão salvas com data, hora e local, possibilitando registrar ocorrências em tempo real.

A ferramenta também permite detectar estacionamento ilegal e observar a concentração de pessoas dentro de um grande evento para melhor planejar a segurança de todos.

Wi-fi ampliado

A empresa contratada vai disponibilizar acesso à internet, por meio de wi-fi, em 165 unidades que integram a rede educacional. Serão 839 salas de aula com acesso à rede.

O serviço contempla ainda a cobertura de wi-fi para uso da população em 295 prédios da Prefeitura, incluindo unidades de saúde, escolas, Casas do Idoso, centros poliesportivos, parques e praças.

O usuário poderá se conectar gratuitamente a qualquer uma das redes wi-fi públicas utilizando o mesmo login e senha com que se cadastrou no sistema disponibilizado pela empresa, ou utilizando autenticação integrada às principais redes sociais, como Facebook e Google.

Centro de Segurança Integrada

As imagens de todas as câmeras de monitoramento ficarão interligadas ao CSI por meio de links para tráfego de imagens. O CSI substituirá o COI.

Através do controle semafórico, poderão ser controladas as “ondas verdes”, além de regular os semáforos de modo on-line.

O CSI vai operar 24 horas por dia, sete dias por semana.

Um sistema de videowall, montado no Parque Tecnológico, permitirá a visualização de todas as câmeras de monitoramento, de todos os recursos analíticos, do gerenciamento de gráficos e mapas e das imagens das câmeras dos radares.