Início São José dos Campos Com reforço, GCM evita fluxo e garante sossego à população de São...

Com reforço, GCM evita fluxo e garante sossego à população de São José dos Campos

Foto: divulgação/ PMSJC

Com reforço no efetivo nas ruas e nas ações, a Prefeitura de São José dos Campos reduziu as ocorrências de fluxos do funk e festas clandestinas com aglomerações no período de 29 de dezembro de 2020 (terça-feira) a 3 de janeiro de 2021 (último domingo).

Foi registrado apenas 1 fluxo no Campo dos Alemães, na zona sul, na madrugada do último dia 1º. A aglomeração com som alto terminou 4 minutos após seu início devido à agilidade e eficiência da intervenção realizada pela GCM (Guarda Civil Municipal).

Publicidade

Durante os 6 dias de operações, os guardas aplicaram 78 multas, sendo 52 por infrações de trânsito (estacionamento irregular, falta de cinto e falar ao celular, entre outras ilegalidades) e 26 por som alto. Foram abordadas 53 pessoas e vistoriados 22 carros e motos.

A redução dos fluxos e festas clandestinas se deve ao aumento nas ruas das equipes da GCM e do DFPM (Departamento de Fiscalização de Posturas Municipais) e de agentes de mobilidade urbana, além da parceria com as polícias Civil e Militar por meio do programa São José Unida, que reúne as forças de segurança do município para evitar a violência e reduzir os índices de criminalidade.

Reclamações reduzidas

Outro exemplo da eficiência da ofensiva da Operação Ano Novo foi a diminuição do número de reclamações da população em relação a fluxos do funk, festas clandestinas e aglomerações. No período de 31 de dezembro a 3 de janeiro, foram registradas 83 queixas, quase metade (47% de redução) das 157 do feriadão de Natal.

O trabalho de guardas civis municipais e agentes de fiscalização de posturas municipais continuará intensificado para que as regras da quarentena sejam cumpridas, garantindo mais saúde, segurança e tranquilidade aos munícipes.

Os munícipes podem denunciar aglomerações e descumprimentos das regras de isolamento social por meio dos canais oficiais: Central 156 (telefone, site e aplicativo) e pelos telefones 153 (Guarda Civil Municipal), 190 (COI/Copom) e 3901-4120 (DFPM).

Apoio popular

O reforço nas ações contra os fluxos e aglomerações foi elogiado por munícipes consultados.

“A Prefeitura está de parabéns. O trabalho está sendo muito bem realizado, garantindo mais tranquilidade à população, além de reduzir a propagação da covid”, disse o comerciante Alexandre Reaiche, que tem 44 anos e mora no Jardim Ismênia, na zona leste.

“É muito importante este esforço da Prefeitura para reduzir os fluxos e festas, principalmente neste momento de pandemia da covid”, afirmou o aposentado Luiz Gonzaga Moreira, que tem 62 anos e reside na Vila Industrial, também na zona leste.

Multas no comércio

Em outra frente de atuação, os agentes do DFPM realizaram no último final de semana 157 vistorias, que resultaram na interdição de 9 estabelecimentos comerciais, além da aplicação de 20 multas, emissão de 3 notificações preliminares e 2 apreensões de produtos por descumprimentos de decretos estaduais e municipais que estabeleceram regras sanitárias e de saúde de combate à covid-19. As multas têm valor inicial de R$ 5.000.

No total, desde o início da pandemia em março de 2020, já foram realizadas 12.862 vistorias e aplicadas 600 multas.

Contra a covid

Todas as ações de combate ao fluxo e fiscalização do comércio foram intensificadas para garantir mais saúde, tranquilidade e segurança à população e têm contribuído para diminuir a propagação da covid-19 no município.

Os fluxos promovem aglomerações de jovens sem máscaras e sem os cuidados sanitários necessários, o que pode provocar o alastramento da doença.

Em geral, quando pegam o coronavírus os jovens não apresentam sintomas graves, mas eles podem colocar em risco os pais e avós, mais sujeitos a ter complicações.

Desde novembro, o número de pessoas de 21 a 40 anos contaminadas tem aumentado, assim como o número de notificações, casos positivos na cidade considerando-se todas as faixas etárias e casos de internações em hospitais.

Combate aos fluxos e aglomerações

De 31 de dezembro de 2020 a 3 de janeiro de 2021

Fluxos interditados: 1

Multas por som alto: 26

Multas por irregularidades de trânsito: 52

Pessoas abordadas: 53

Veículos vistoriados: 22

Reclamações da população: 157

Multas no comércio: 20