Início Pindamonhangaba Prefeitura e PM fiscalizam funcionamento de bares e restaurantes em Pindamonhangaba

Prefeitura e PM fiscalizam funcionamento de bares e restaurantes em Pindamonhangaba

Foto: Divulgação/Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba

Por meio de operação conjunta entre a Prefeitura de Pindamonhangaba e a Polícia Militar, está sendo realizada a fiscalização de bares e restaurantes, que foram autorizados a retornar suas atividades, de acordo com as regras determinadas pelo Plano São Paulo, desde que a cidade entrou na faixa amarela.

✏️ 📝 Bônus: ALFABETO CURSIVO – PEQUENAS LEITURAS – ATIVIDADES INTERATIVAS 📝✏️

De acordo com o decreto nº 5848, de 21 de agosto de 2020, poderão atender ao público, os seguintes setores, respeitados os determinados horários: Escritório e Imobiliárias – 8 horas; Comércio das 10h às 18 h e aos sábados das 8h às 14h; Shopping Center – 8 horas ininterruptas, limitadas às 22h; Clubes e Academias: 8 horas (após às 6 horas e antes das 22horas); Salão de Beleza e Barbearia – 8 horas (após às 6 horas e antes das 22 horas); Bares, Restaurantes e similares (consumo local) – 8 horas (após as 6 horas e antes das 22 horas; e Serviços – 8 horas..

Publicidade

Como esta é a primeira vez que os bares e restaurantes foram autorizados a funcionarem com atendimento presencial, os fiscais sanitários, fiscais de rendas e fiscais de posturas, juntamente à GCM (Guarda Civil Metropolitana) e Polícia Militar, estão realizando visitas em todos os estabelecimentos, durante a semana, orientando sobre o horário de fechamento, 22 horas. E, depois deste horário, continua a fiscalização e realiza o fechamento daqueles estabelecimentos que ainda estejam abertos, descumprindo assim o decreto. Na última semana, 14 locais foram fechados e todas as questões administrativas para reabertura estão em andamento, por parte dos proprietários.

“Entendemos que o momento é de flexibilização, porém não podemos relaxar com as recomendações necessárias para evitar o contagio, cumprindo as medidas de distanciamento. O momento ainda pede nossa atenção e, por isso, pedimos o apoio da população quanto ao respeito aos horários estipulados no Plano São Paulo. Entretanto se houver descumprimento do decreto a fiscalização poderá fechar os estabelecimentos”, afirmou a diretora do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Eliana Wolff.

Para a Cap. Lucimeire Jerônymo “a Polícia Militar visa sempre manter a ordem pública e num momento de pandemia, mais do que nunca a nossa preocupação é também com o cumprimento das regras ditadas pelos órgãos, por isso apoiamos essa ação com nossos policiais”.