Início Variedades 7 mitos e verdades sobre o preenchimento facial

7 mitos e verdades sobre o preenchimento facial

Imagem: Pixabay/divulgação

O preenchimento facial é um procedimento dermatológico indicado para quem quer um rosto mais jovem. Além de atuar na redução de rugas e marcas de expressão – como o famoso “bigode chinês”- o procedimento também atenua olheiras e melhora o aspecto dos lábios, entre outros benefícios. 

Existem diversos tipos de preenchimento facial para uma pele mais bonita, mas os mais comuns são: ácido hialurônico, ácido polilático, polimetilmetacrilato (PMMA) e hidroxiapatita de cálcio. Apesar de ser cada vez mais o queridinho nos consultórios dermatológicos, existem muitos mitos e verdades sobre o tratamento. Confira abaixo as principais dúvidas!

Publicidade
  1. Só as mulheres podem fazer preenchimento facial. 

MITO. Tanto homens quanto mulheres podem se beneficiar dos resultados do preenchimento facial para uma pele mais jovem e saudável. Além disso, o procedimento ajuda a atenuar cicatrizes, que podem aparecer na pele independentemente de gênero. 

  1. Os resultados duram por um tempo determinado. 

VERDADE. “Preenchedores de ácido hialurônico normalmente têm duração mais curta, e são bastante indicados para pacientes que nunca passaram antes pelo procedimento e não conhecem os resultados. A duração pode variar entre 6 e 18 meses, em média”, explica Dra. Juliana Toma, médica dermatologista da UNIFESP.

  1. Não tem efeitos colaterais, portanto qualquer pessoa pode aplicar o preenchedor. 

MITO. Complicações graves em decorrência do preenchimento facial são incomuns, porém os riscos variam dependendo da substância utilizada e da sua permanência no organismo. Justamente por isso, o manejo deve ser realizado apenas por médicos especialistas. “No entanto, é importante ressaltar que os preenchedores faciais são bastante previsíveis, com riscos e efeitos colaterais relativamente mínimos”, explica a Dra. Juliana.

  1. O preenchimento facial modifica muito a expressão da pessoa. 

MITO. O resultado a ser alcançado com o procedimento é bastante discutido entre médico e paciente, que buscarão juntos os melhores resultados. O tratamento é completamente individualizado, respeitando cada paciente. Nas primeiras aplicações, o médico tende a utilizar quantidades mínimas, aumentando nas vezes subsequentes conforme a necessidade. 

  1. O tempo de recuperação varia para cada paciente. 

VERDADE. O tempo necessário para total recuperação após o procedimento varia por paciente e por tipo de substância utilizada, bem como pela área que recebeu o preenchimento. A combinação desses fatores é que determinará o tempo. Além disso, os cuidados após o procedimento, indicados pelo médico, devem ser observados e colocados em prática. 

  1. Qualquer tipo de pele pode receber o preenchimento facial.  

VERDADE. Todas as peles são elegíveis para receber os benefícios do preenchimento facial, inclusive as que possuem muitas marcas e cicatrizes – como no caso de pacientes com acne. 

  1. O resultado é visível apenas depois de alguns dias. 

VERDADE. Os resultados do preenchimento já surgem logo após a aplicação, porém pode haver um certo inchaço e vermelhidão na área que recebeu o procedimento. Em média, leva de 3 a 4 dias para que o resultado final seja visível – o tempo pode variar por paciente.

Por Aline Matos