Início Pindamonhangaba Comitê de Crise se reúne com representantes das agências bancárias e lotéricas...

Comitê de Crise se reúne com representantes das agências bancárias e lotéricas de Pindamonhangaba

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Na manhã desta quarta-feira, dia 15, o Comitê de Crise se reuniu com representantes das agências bancárias e lotéricas de Pindamonhangaba, no Auditório da Prefeitura Municipal. A reunião foi necessária devido ao grande número de pessoas nesses locais, chamando a atenção inclusive com diversas denúncias no disk denúncia 153.

Durante a reunião a Secretaria de Saúde do município explicou aos presentes sobre a responsabilidade que cada estabelecimento tem em realizar ações para cumprir as normas do decreto praticando o distanciamento e as normas sanitárias e higiênicas.

Publicidade

“Queremos alinhar as ações pois nossa fiscalização está nas ruas visando autuar todo tipo de aglomeração naqueles estabelecimentos definidos como essenciais que, portanto, estão autorizados a funcionar, desde que respeitem essas regras”, afirmou Rafael Lamana, diretor do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde.

Segundo Mércia Belkis, gerente da agência Caixa Econômica, o banco tem colocado diversos colaboradores fazendo essa triagem e orientando sobre o distanciamento. “Nossos funcionários fazem diariamente esse contato nas filas externas explicando quais serviços estão sendo realizados no interior da agência e quais devem ser feitos por caixa eletrônico ou aplicativo. Restringimos o acesso somente para serviços relacionados ao FGTS e Seguro Desemprego, por exemplo. Mas muitos clientes insistem em vir para a agência”, afirmou Mércia.

A Caixa é uma das agências com a maior movimentação devido o atendimento social (Bolsa Família e programas sociais) e agora pela procura do auxílio emergencial. “Não é necessário ir ao banco, a conta poupança será aberta automaticamente para quem estiver apto a receber o auxílio. Para evitar aglomeração, o saque em espécie será feito conforme o mês de nascimento. As informações podem ser tiradas também pela central 111 ou 121”, afirmou Mércia.

Os representantes de outros bancos e os lotéricos salientaram a dificuldade em conter a aglomeração devido à falta de efetivo que possa instruir e organizar melhor as filas e o atendimento, porém comprometeram-se em viabilizar que as normas do decreto sejam respeitadas.

Por sua vez, a Prefeitura irá colaborar com melhor comunicação e com uma campanha de conscientização para que os munícipes utilizem os serviços bancários apenas em momentos de extrema necessidade (com cartazes, carro de som e apoio da guarda civil metropolitana). “Queremos pedir para a população que utilize os canais digitais, aplicativos e o telefone para evitar ir ao banco e permanecer em fila”, afirmou a secretaria de Saúde, Valéria Santos.

A Prefeitura Municipal divulgou um vídeo, onde o diretor do Departamento de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Rafael Lamana orienta para que as pessoas procurem esses locais somente quando for necessário e evitem aglomerações.

No vídeo, Rafael Lamana explica que neste momento, a prioridade é a saúde e, diminuindo a circulação de pessoas, é possível diminuir o poder de contágio do coronavírus na cidade.

Lamana disse que se reuniu com os representantes das agencias bancárias e obteve a informação de que em um deles, foram registrados 450 atendimentos, sendo que 35 eram realmente necessários estar na presença física na agência. Ele destaca que diversos assuntos podem ser tratados pela internet, utilizando um celular ou computador e passa algumas orientações de atendimentos e como resolver.

FGTS, Seguro Desemprego, retirada de cartões bancários ou alterar a senha, é preciso ir até a agência. Com relação a dúvidas sobre o Cadastro Único, correspondente ao Auxílio Emergencial, elas podem ser esclarecidas através do 0800 878 9629 – opção 4. O Cadastro Único também é outro caminho para obter informações, podendo ser acionado pelo telefone 3550-5350” Acompanhe o vídeo.