Início Taubaté Prefeitura de Taubaté altera serviços devido aos feriados

Prefeitura de Taubaté altera serviços devido aos feriados

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A Prefeitura de Taubaté informa alterações em alguns serviços nesta sexta-feira, 10 de abril e segunda-feira, 13 de abril, devido aos feriados da sexta-feira da Paixão (nacional) e São Benedito (municipal).

A coleta de lixo domiciliar segue em regime de plantão somente na sexta-feira. Os Pontos de Entrega Voluntária (PEVs) estarão fechados na sexta-feira, abrem normalmente no sábado e na segunda-feira, das 8h às 12h.

Publicidade

Conforme orientações do decreto municipal 14.708, publicado no último dia 7 de abril, seguindo as medidas para conter a disseminação do coronavírus, a feira livre que acontece no entorno do Mercado Municipal será realizada excepcionalmente nesta quinta-feira, dia 9 de abril, até às 14h. No sábado e domingo, 11 e 12, será realizada normalmente.

O acesso às dependências internas do mercado será restringido. A entrada será realizada de forma monitorada e delimitada pelos portões da rua Coronel Jordão e Bispo Rodovalho e a saída será pelos portões da avenida Desembargador Paulo de Oliveira Costa e rua José Winther. Os demais acessos estarão fechados temporariamente.

O Mercado Municipal vai funcionar das 6h às 13h na sexta-feira, dia 10. No sábado, o horário é das 6h às 14h e no domingo o funcionamento é das 6h às 13h.
O Centro de Referência Especializado para População em situação de rua (Centro Pop) não terá atendimento na sexta-feira e na segunda, mas o Abrigo Institucional estará aberto 24 horas.

Serviços essenciais à população não serão interrompidos durante o feriado:
HMUT/UPA Infantil; UPA Central (para atendimento de pacientes com suspeita de coronavírus); UPA San Marino; UPA Santa Helena; UPA Cecap; Serviço de Verificação de Óbito (SVO); Guarda Municipal; Serviço Funerário Municipal.

O call center para informações e orientações quanto ao coronavírus funciona todos os dias, das 8h às 20h pelo 0800 12 000 12.

Denúncias quanto ao comércio irregular e aglomerações em desrespeito aos decretos emergenciais podem ser feitas no telefone 153 durante 24 horas.