Início Pindamonhangaba Trabalhadores da Gerdau protestam contra mudanças na PLR

Trabalhadores da Gerdau protestam contra mudanças na PLR

(Foto: Guilherme Moura)

Os trabalhadores da fábrica Gerdau, em Pindamonhangaba, fizeram uma paralisação nessa quinta-feira, dia 12, contra mudanças na PLR (Participação nos Lucros e Resultados).

Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a falta de transparência na negociação é uma reclamação antiga e agora a PLR recebeu alterações sem discussão com a categoria.

Publicidade

Em janeiro ocorreu um protesto por causa do pagamento referente a 2019, que teve valores abaixo da expectativa, mesmo com produção alta.

Segundo o presidente da entidade, Herivelto Vela, a mudança feita este mês deixou muitos setores com uma pequena parte das metas relacionadas realmente à produção, entre 15 e 20%.

“Isso dificulta a fiscalização pelo trabalhador. A empresa não informa a produção nem o lucro da unidade de Pinda, apenas os números globais da companhia, e agora está impondo essas mudanças que podem prejudicar lá na frente. Parabéns trabalhadores pela unidade. Vamos juntos nessa luta”, disse.

A unidade, do ramo do aço, emprega cerca de 2.000 funcionários.

Nota da Gerdau

A Gerdau informa que não houve qualquer paralisação de atividades, nesta quinta-feira (12), em sua usina de Pindamonhangaba (SP). O que ocorreu foi a entrega de boletim informativo por membros do sindicato da região, atividade que costuma ser realizada periodicamente no local. A respeito de suposta alteração na política de Participação nos Lucros da empresa, a Gerdau reitera que a mudança ocorrida é voltada apenas à liderança e aos profissionais de áreas administrativas de toda a empresa.