Início Pindamonhangaba Jovens de Pindamonhangaba criam roupas, acessórios e cosméticos sustentáveis

Jovens de Pindamonhangaba criam roupas, acessórios e cosméticos sustentáveis

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Coleções foram desenvolvidas pelos alunos do Senac Pindamonhangaba durante atividade prática do Técnico em Produção de Moda

Com a proposta de integrar o contemporâneo ao clássico, os alunos do Técnico em Produção de Moda do Senac Pindamonhangaba desenvolveram acessórios, roupas e maquiagem inspiradas na cultura oriental, com toques de brasilidade. As criações foram feitas durante o Projeto Integrador, uma atividade prática realizada ao longo do curso para que os estudantes pudessem ter uma vivência real do mercado.

A turma analisou as macrotendências da moda 2020, os eventos do ano e da demanda dos consumidores, concluindo que a Ásia estará em evidência neste ano devido à realização das Olimpíadas de Tóquio.

Publicidade

Após a escolha do tema, a turma foi dividida em três grupos. O primeiro, nomeado de Olimpíadas, produziu bolsas em alusão a três novos esportes dos Jogos Olímpicos: uma pochete, que remete ao estilo skatista, uma mochila saco, semelhante às usadas pelos praticantes de baseball, e uma ecobag, famosa entre os surfistas. Todas elas foram têm alças confeccionadas a partir do tecido de guarda-chuvas usados, e podem ser usadas tanto no dia a dia quanto no esporte. O grupo criou também um look conceitual, mesclando um quimono japonês a um mawashi, vestuário usado na prática do sumô, dando origem a uma peça feminina que agrega tradição e modernidade.

O segundo grupo, chamado de Império, fabricou peças de roupas que representam as vestimentas tradicionais japonesas e chinesas, ornando com as tendências atuais. Entre os looks que ganharam vida estão uma Yukata, traje de peça única usado no verão japonês, relembrando os tempos do primeiro samurai negro, um vestido Qipao, tradicional da China, e uma saia Sarong com fenda lateral. As peças integraram um editorial de moda fotografado no Museu Histórico e Pedagógico Dom Pedro I e Dona Leopoldina. O grupo ainda criou dois cosméticos, um bálsamo da beleza e um tônico facial, ambos a base de flores, óleos e essências naturais.

Já o grupo A Onda estudou o estilo de vida do consumidor, que tem a rotina agitada e busca acessórios práticos e sustentáveis, e desenvolveu bolsas multiuso. Os acessórios foram confeccionados com algodão proveniente de lonas e redes de pesca descartadas no mar e resgatadas pela ONG Mar Limpo. A instituição realiza a limpeza das praias, higienização das redes recolhidas e venda de produtos para subsistência.

“A proposta do Projeto Integrador é aproximar os alunos da realidade do mercado para que eles estejam preparados para concorrer a vagas de trabalho ou até mesmo empreender. Um dos projetos desenvolvidos pela turma recebeu uma proposta para aplicar a técnica de tingimento usada nas roupas e bolsas em algumas peças de lojas de decoração, podendo ser a primeira oportunidade profissional desses estudantes. Ficamos orgulhosos em saber que um trabalho escolar ultrapassou os limites da instituição e nos sentimos realizados por posicionar profissionais qualificados no mercado”, complementa Felipe Costa Souza, docente da área de moda do Senac Pindamonhangaba.

Serviço:

Senac Pindamonhangaba

Endereço: Rua Suíça, 1.255 – Santana – Pindamonhangaba/SP

Informações: www.sp.senac.br/pindamonhangaba