Início Variedades Viaduto “Tancredo Neves” vira “galeria a céu aberto” com grafite social de...

Viaduto “Tancredo Neves” vira “galeria a céu aberto” com grafite social de Faviana Okamoto

(Foto: Robson Foiadelli)

Trabalho coordenado pela arquiteta paulistana foi desenvolvido no maior acesso de Osasco-SP, na Grande São Paulo, entre os dias 13, 14 e 15 de dezembro; com apoio da Prefeitura e patrocínio da Colorgin, projeto social contou com a participação de 28 artistas, de dois curadores e de diversos voluntários

Até parece um outro lugar, tamanha a transformação pela qual passou o Viaduto “Presidente Tancredo de Almeida Neves”, maior acesso de Osasco-SP, na Grande São Paulo, por meio do projeto “OKA Social – Arrumando a Casa”, encabeçado pela arquiteta paulistana Faviana Okamoto.

(Foto: Robson Foiadelli)

Com apoio da Prefeitura e patrocínio da Colorgin, o projeto foi desenvolvido entre os dias 13, 14 e 15 de dezembro, com direito à participação de 28 artistas, de dois curadores e de vários voluntários. A ideia de Faviana, agora, é levar a iniciativa para outras cidades do Estado de São Paulo.

Publicidade

No dia 13 de dezembro, os 450 metros do Viaduto foram cobertos com latex branco, deixando para trás o ar cinza, frio e pesado que cobria a estrutura de pouco mais de 32 anos. Faviana também providenciou as marcações nas três paredes que receberam os riscos e os rabiscos dos grafiteiros no sábado e no domingo.

Cada um dos 28 artistas escolhidos a dedo pelos curadores Dingos Del Barco e Antonio Mosko tiveram à disposição um espaço, como uma espécie de “painel particular”, para ali contribuírem com sua arte. O resultado não poderia ser outro: uma verdadeira galeria a céu aberto, como bem definiu o secretário de Cultura de Osasco:

“Sem dúvidas, o trabalho do ‘OKA Social’ no Viaduto ‘Tancredo Neves’ foi imprescindível para despertar a atenção da iniciativa privada, para que possamos ter cada vez mais ações semelhantes por meio de parcerias que só engradecem e deixam a cidade mais vibrante. A Secretaria Municipal de Cultura sempre vai apoiar este tipo de ação. Ganhamos mais que um grafite. Osasco, hoje, tem uma ‘galeria a céu aberto’”, complementou Éder Máximo.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ribamar Silva (PRB), assim como o prefeito de Osasco, Rogério Lins Wanderley (Podemos), prestigiou o “OKA Social”. O chefe do Poder Executivo adiantou que pretende ampliar ainda mais ações relacionadas à arte urbana na cidade:

“Nosso secretário de Cultura (Éder Máximo), quer incrementar o projeto ‘Taca Tinta’, em Osasco. E, esse trabalho realizado, dias atrás, no Viaduto ‘Tancredo Neves’ já faz parte disso. A rua é a extensão de nossa casa. Queremos continuar incentivando iniciativas que deixem toda a Osasco coberta de cor, de gratidão e de arte. Estou impressionado com o que foi feito”, atestou o político.

Maior acesso de Osasco, o Viaduto “Tancredo Neves” liga as Zonas Norte e Sul do município. Para a viabilização do trabalho, foi necessárias a atuação da Secretaria Municipal de Transportes, por meio da Diretoria de Trânsito, já que a região é de grande tráfego, sobretudo neste período de festas de fim de ano.

(Foto: Robson Foiadelli)

As três paredes da estrutura foram grafitadas por 28 artistas provenientes dos quatros cantos do Estado. Na oportunidade, foram utilizados 784 frascos de tinta colorida, além de latas grandes de látex branco.

A ideia de Faviana, agora, é estudar as propostas que seu escritório, Okamoto Arquitetura, que funciona em São Paulo-SP, está recebendo, para levar o projeto “OKA Social” para outras cidades do Estado:

“O objetivo do ‘OKA Social’ é reunir numa só ação cidadania e respeito pelo espaço público, ao mesmo tempo em que se resgata o sentimento de pertencimento de toda uma comunidade e se transforma um espaço vazio em arte pulsante, numa grande área de convívio. Desejo que essa semente se espalhe”, avaliou a arquiteta.

(Foto: Robson Foiadelli)