Início Ubatuba Didi Aguiar busca novo título no Hang Loose Surf Attack

Didi Aguiar busca novo título no Hang Loose Surf Attack

CRÉDITO: MUNIR EL HAGE

COMPETIDOR É UM DOS DESTAQUES NA ETAPA FINAL, A PARTIr

DESTA SEXTA-FEIRA, NA PRAIA DE JUQUEHY, EM SÃO SEBASTIÃO

Ele já foi campeão paulista petit, estreante e iniciante e agora está perto de mais uma conquista no Hang Loose Surf Attack. O ubatubense Diego Aguiar, o Didi, aparece como um dos principais nomes na 4ª e última etapa do Circuito, que será disputada a partir desta sexta-feira (25), na Praia de Juquehy, em São Sebastião.

A mais importante competição do surf de base brasileiro segue até domingo, reunindo cerca de 200 atletas, inclusive de outros estados, com a disputa de seis categorias, além do título por cidades.

Publicidade

Didi aparece na frente entre os atletas de São Paulo na mirim (sub16) e tem como vantagem conhecer as ondas de Juquehy. Seu pai e técnico, Marcelo Aguiar, já comandou uma escola de surf na vizinha Praia da Baleia. O atleta de 16 anos não esconde a ansiedade para tentar a nova conquista e sabe que o título pode alavancar sua carreira. “Estou bem ansioso e espero fazer um bom trabalho. Esse é meu último ano de mirim e quero conseguir um bom resultado”, afirma.

“Conheço um pouco da onda de Juquehy e gosto muito de surfar lá, então tenho certeza de que vai ser um campeonato irado para todo mundo”, reforça o surfista. “O Hang Loose é um campeonato muito importante para os atletas amadores, de alto nível técnico, e todos têm vontade de vencer, com certeza”, elogia.

Além do título, Diego Aguiar batalha por um patrocinador principal, sabendo que um novo título pode lhe dar mais visibilidade. “Creio que hoje já estou bem melhor, porém foi bem difícil no começo. Mas a vida é assim, todos temos altos e baixos e isso só serviu de motivação para continuar fazendo o que gosto”, diz com coerência.

Ele também agradece a presença dos pais (Marcelo e Eliane) e irmãos (Pedro e Artur) na sua trajetória. “Eles sempre estão do meu lado, me apoiando em todos os momentos. Meu pai, com certeza, é um bom coach”, ressalta o competidor, que é fã de Filipe Toledo, Miguel Pupo e Bobby Martinez. “Me inspiro no surf de muita gente, mas o que eu mais gosto de assistir é o Bobby Martinez, o rei do backside”, completa.

TRANSMISSÃO AO VIVO – A competição terá transmissão ao vivo pela internet, pelo site www.fpsurf.com.br. Além da mirim, estão em aberto os títulos da júnior (sub18), da petit (sub10) e da feminina (sub16). Entre os caçulas, inclusive, o surfista do Paraná, Anuar Chiah compete para tentar levantar o troféu pelo segundo ano, enquanto que Kailani Rennó, mais um atleta de Ubatuba, que está na frente para ser o bicampeão estadual, uma vez que o líder é de outro estado.

Na estreante, Murillo Coura, de São Sebastião, faturou o título com uma etapa de antecedência. O mesmo aconteceu com Ryan Kainalo, também de Ubatuba, na iniciante (sub14), comemorando a sua sexta conquista no Hang Loose Surf Attack – já foi bicampeão petit, bi estreante e campeão mirim.

O Hang Loose Surf Attack 2019 tem os patrocínios de Sthill, Super Tubes, Surf Trip, Kyw, Overboard Action Sports Store, Hot Water, Rhyno Foam e CT Wax. Apoios da Prefeitura Municipal de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS), Governo do Estado de São Paulo/Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, com divulgação de Waves e FMA Notícias. Organização da Federação Paulista de Surf.