Início Pindamonhangaba Dengue: Combatentes mirins realizam vistoria nas casas do Morumbi em Pinda

Dengue: Combatentes mirins realizam vistoria nas casas do Morumbi em Pinda

Alunos da EM Odete Corrêa Madureira realizaram ações de combate ao criador do mosquito Aedes aegypti pelas ruas do bairro (Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

Alunos da EM Odete Corrêa Madureira realizaram ações de combate ao criador do mosquito Aedes aegypti pelas ruas do bairro

Pindamonhangaba tem um grande reforço no combate ao mosquito Aedes aegypti. São os combatentes mirins, estudantes que passaram por uma formação da Secretaria de Saúde / Vigilância Epidemiológica, e agora ajudam os agentes de controle de vetores da Prefeitura na orientação e eliminação de criadouros do mosquito transmissor da dengue, Chikungunya, zika e febre amarela.

Na manhã de quarta-feira (2), cerca de 80 alunos do Pré ao 5º ano realizaram vistoria, casa-casa, junto aos agentes de controle de vetores da Prefeitura.

Publicidade

As professoras e a gestora da unidade contam que o projeto começou a ser desenvolvido no início deste ano pensando na incidência de casos de dengue dentro da cidade. A partir disso, foram desenvolvidas diversas atividades colaborativas entre pais e alunos para combater o Aedes aegypti. Para que as crianças pudessem notar a incidência de dengue, foi criado um gráfico em sala de aula em que regularmente elas atualizavam de acordo com os dados levantados dentro da comunidade. A arte impressa na camiseta utilizada pelas crianças na hora da vistoria foi elaborada pelos próprios alunos, após uma competição de desenhos que ilustrassem os “Combatentes Mirins”.

Com camisetas, pranchetas e folders que foram desenvolvidos pelos próprios alunos, as crianças foram divididas em grupos para que pudessem entrar nas casas e promover a vistoria junto aos agentes. A ação contou com a inspeção e olhar atento das crianças que fizeram perguntas sobre a frequência de limpeza do imóvel com a remoção de materiais inservíveis, bem como, o armazenamento de maneira corretas de objetos que possam ser um possível criadouro.

O diretor da Vigilância Epidemiológica, Rafaela Lamana, explica que esta ação promovida pela unidade escolar é de grande importância, pois estimula a conscientização das crianças contra a dengue, e isso gera a sensibilização do adulto, o que futuramente ocasionará a diminuição dos casos de dengue em Pindamonhangaba. Além disso, a ADL (análise de densidade larvária) dentro do município tem diminuído, dados referentes a julho de 2019, primeiramente pela diminuição da frequência de chuvas e também pelo trabalho desenvolvido pelos agentes que percorrem a cidade.