Início Variedades EDP divulga balanço da Operação Verão no Vale do Paraíba e Litoral...

EDP divulga balanço da Operação Verão no Vale do Paraíba e Litoral Norte

Eletricistas EDP (Foto: Edp/divulgação)

O verão 2018/2019 registrou aumento expressivo na intensidade dos eventos climáticos. Tempestades curtas, mas com muita severidade trouxeram fortes chuvas, ventos em localidades concentradas e descargas atmosféricas muito mais frequentes do que no ano anterior.

Esse cenário gerou um impacto significativo no sistema elétrico da EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo.

Publicidade

Em comparação ao verão anterior, no período de dezembro a março, foram registradas 220% mais descargas atmosféricas, aumento de 20% da velocidade média dos ventos e mais 15% no volume de chuvas. Nos dezenove municípios atendidos pela EDP no Vale do Paraíba e Litoral Norte, o contexto climático representou 62% das 74 mil ocorrências atendidas no período. A vegetação projetada na rede por conta dos ventos foi a principal causa de desligamentos, seguido dos raios e chuvas que impactam diretamente os equipamentos do sistema.

Além dos registros destacados, também foram realizados o atendimento com pipas na fiação elétrica, na maioria dos casos, durante as férias escolares, e postes e redes danificados por colisão de veículos.

Focada na garantia do atendimento mais ágil possível para o cliente, a EDP planejou a Operação Verão 2018/2019, lançada em dezembro, com o objetivo de minimizar o impacto do período chuvoso ao fornecimento de energia. Ao todo, foram mobilizados cerca de 1.200 colaboradores, entre engenheiros, eletricistas e gestores, que atuaram continuamente para reconstruir e reconfigurar o sistema elétrico, além de recompor as redes danificadas sempre que necessário. No período, foram repostos 102 mil quilômetros de cabos e trocados 1.605 postes atingidos na área de concessão.

Chuvas (Foto: Edp/divulgação)

No Brasil, mais de mais de 90% das redes de distribuição de energia são aéreas e estão expostas as intempéries, além de agentes externos como vegetação e outros objetos projetados na rede elétrica. Dos 10 municípios com maior densidade de raios no estado de São Paulo, cinco ficam na área de concessão da EDP. Por isso, o período do verão é tratado com tanta atenção pela Companhia.

Investimentos na área de Concessão

Para se preparar para a estação chuvosa, a EDP implantou cabeamentos com tecnologia que propiciam maior proteção à rede, minimizando o impacto da arborização. Somente em 2018 foram substituídos 387 km de cabos comuns por fiação isolada e/ou protegida em locais de maior densidade de vegetação, propiciando uma convivência mais harmônica com as árvores locais. Além disso, a empresa investiu cerca de R$ 11 milhões em serviços preventivos de poda da vegetação que impacta à rede da área de concessão, efetuando mais de 450 mil trabalhos. Durante o verão, as podas continuaram a ser realizadas, com mais 109 mil atuações emergenciais, e o fortalecimento de parcerias com as secretarias de meio ambiente das prefeituras foram essenciais na execução dos trabalhos.

Obras (Foto: Edp/divulgação)

É importante destacar que, por conta dos religadores automáticos, equipamentos de automação instalados na rede, foi possível minimizar o impacto de muitos incidentes de forma remota e imediata. A média de restabelecimento nas primeiras cinco horas após fortes temporais foi de 80% dos consumidores impactados. Somente para aqueles clientes que estavam mais próximos ao local das ocorrências (queda de árvore sobre a rede, queima de equipamento por raio), o tempo para normalização das operações foi mais longo, de acordo com a complexidade do serviço e extensão do dano causado ao sistema.

“Estamos atentos às necessidades dos nossos clientes e investimos na modernização dos sistemas para aprimorar cada vez mais o serviço prestado com a máxima qualidade e segurança para todos. O verão terminou, mas seguiremos trabalhando continuamente para trazer melhorias para todos os municípios que atuamos”, destaca Marcio Jardim, gestor executivo de operação da EDP. Com o final do verão, a EDP agradece a compreensão de seus consumidores diante do impacto ao sistema elétrico originado pela severidade do clima no período. Vale ressaltar a parceria com os órgãos municipais, como Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia, e destacar a atuação dos colaboradores envolvidos na missão de restabelecer a normalidade do serviço à população com a maior agilidade e eficácia.