Início São José dos Campos Parque Tecnológico se prepara para o pós-pandemia em São José dos Campos

Parque Tecnológico se prepara para o pós-pandemia em São José dos Campos

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

O Estado de São Paulo completou 100 dias de quarentena por conta da pandemia de Covid-19. Foi um tempo em que todos precisaram se adaptar às formas de trabalho, às ofertas e demandas de serviços e às limitações impostas pelo isolamento. 

Para o Parque Tecnológico, que é uma instituição vinculada à Prefeitura de São José dos Campos, não foi diferente. A necessidade de isolamento social não parou a instituição, que manteve seu papel articulador de pesquisa, desenvolvimento e inovação com vistas ao período pós-pandemia.

Publicidade

De conferências online a mentorias customizadas, incentivos às empresas vinculadas a atendimentos de consultoria, o Parque Tecnológico deu continuidade à sua missão de estimular o empreendedorismo e a inovação em todas as frentes.

“Novo normal”

Diante da pandemia, 22 empresas ligadas ao Parque Tecnológico desenvolveram soluções para combater a covid-19, disponibilizando suas equipes e infraestruturas para a criação de produtos, coleta de dados, estabelecimento de parcerias e apoio a governos.

Segundo seus dirigentes, o Parque Tecnológico permanece atento às novas demandas que surgirão no cenário pós-pandemia e já se organiza para se tornar um ambiente ainda mais humanizado e adequado às necessidades das empresas no chamado “novo normal”.

O controle ambiental e sanitário segue como prioridade, a fim de que seja realmente incorporado por todos os usuários deste espaço o conceito do “Parque sem vírus”.  Certamente as próximas ações incrementarão ainda mais esses cuidados.

Desde o início da quarentena, o Parque Tecnológico realizou diversas ações para conscientizar empresas, instituições e startups de seu ecossistema sobre os riscos trazidos pela covid-19, tanto na saúde quanto na sobrevivência dos negócios.

Além de se comunicar com as mais de 300 empresas vinculadas, o Parque Tecnológico também trouxe soluções e indicações de cursos, conferências, lives e outras formas de capacitação e informação para os mais de 25 mil contatos em suas redes sociais e outros 21 mil contatos cadastrados em seu mailing e ainda divulgou as ações diretas e indiretas das empresas e parceiros para combater o coronavírus em todos os seus canais de comunicação.

Empreendedorismo social

As duas Galerias do Empreendedor, que funcionam no Parque, estiveram fechadas de 23/3 a 31/5 e os empreendedores precisaram encontrar novas formas de comercializar seus produtos e manter o negócio.

Desde 23/03, o Parque Tecnológico divulga semanalmente a lista de oportunidades de financiamentos, incentivos e aportes para empresas de base tecnológica, além de iniciativas próprias e parcerias, sempre oferecendo apoio e suporte nas inscrições. O Escritório de Projetos realizou 69 atendimentos a empresas interessadas.

Novas startups

O Batch#15 – processo seletivo para novas startups do Nexus, teve 93 inscritos, que participaram das diversas etapas que ocorreram de 13/05 a 19/06. Foram selecionadas 20 startups para o Nexus Lab, Nexus Growth Tech e Nexus Growth Digital, que terão acesso a todas as ações do Nexus, como cursos, programas de capacitação, rede de mentores e investidores, conexão com a indústria e entidades de classe.

Núcleo aeroespacial

O setor aeroespacial foi fortemente afetado pela crise em todo o mundo. O grupo (cluster) aeroespacial brasileiro, gerido pelo Parque Tecnológico, atuou desde o primeiro momento, em busca de oportunidades e incentivos para as empresas da cadeia, por meio de reivindicações aos órgãos competentes, reuniões com representantes de governos, workshops de capacitação e orientação e reuniões com seus associados. Ao todo, foram realizadas 30 ações de capacitação e conexão.

O Parque estabeleceu no período novas parcerias, como a seleção de projetos de universidades, realizadas com a Bayer e a Campus B, além do termo de cooperação com a Simde (Sindicato Nacional das Indústrias de Defesa). Há também novos fundos de investimentos e consultores na rede de parceiros do Nexus Hub.

Colaborou: Julliane Silveira/Imprensa Pquetec