Início Variedades ETF em evidência, um investimento atrativo diante do cenário de juros baixos

ETF em evidência, um investimento atrativo diante do cenário de juros baixos

(Foto ilustrativa/divulgação)

O Brasil vive um novo momento quando o assunto é investimentos. Diante dos juros baixos, com a taxa Selic em 4,25% ao ano, as pessoas começaram a se dedicar a educação financeira e estão descobrindo novas modalidades de investimentos. Uma delas, que vem se popularizando no país, é o ETF – Exchange Traded Fund – ou também conhecido como Fundo de Índices.

As ETFs, do fim do ano para cá, ficaram na oitava posição das aplicações mais procuradas no país, mostrando o crescente interesse do investidor. Em São José dos Campos não foi diferente, a busca por esta modalidade teve um crescimento na casa dos 30% neste começo de ano, no escritório da Plátano Investimentos – XP Investimentos.

Publicidade

“O ETF está sendo muito procurado por conta do investidor experiente estar à procura de alternativas à renda fixa e por ser também uma boa saída para quem deseja iniciar seus investimentos”, comento Jansen Portugal, sócio da Plátano Investimentos.

No Brasil, o mercado de ETFs gira em torno dos R$22 bilhões, com 20 ETFs diferentes. Nos Estados Unidos, o ETF é negociado desde 1993, no Brasil foi lançando em 2004 e agora, está ganhando evidência.

Este produto é de fácil negociação, pode ser comprado ou vendido como uma ação na B3 – Bolsa Brasileira. E como todo investimento, é altamente recomendado contar com assessoria de um profissional qualificado de investimentos para fazer uma boa diversificação de carteira.

As ETFs são uma boa opção para quem está iniciando ou que tenha pouca experiência em investimentos em renda variável, para aquelas pessoas com perfil moderado para investimentos. E este ativo pode até acabar sendo um ensaio para quem está pensando em começar a aplicar o dinheiro em bolsa de valores.

ETFs pagam dividendos que podem ser reinvestidos automaticamente e contam com imposto de renda em tabela regressiva.