Início Pindamonhangaba Pindamonhangaba realiza semana de mobilização social contra o Aedes aegypti

Pindamonhangaba realiza semana de mobilização social contra o Aedes aegypti

(Foto: divulgação/Assessoria de Imprensa)

A Secretaria Municipal de Saúde em consonância com a Secretaria do Estado da Saúde inicia o período (novembro e dezembro) de Mobilização Social contra o Aedes aegypti.

Este período que antecede uma possível epidemia na cidade, é de suma importância fomentar o assunto para que todos os munícipes participem da campanha.

Publicidade

Para isto, Secretaria de Saúde em parceria com a Secretaria de Educação e Secretaria de Cultura iniciaram, no dia 18, a realização de 100 esquetes em toda a rede municipal de ensino, praças públicas e Parque da Cidade com o tema “Pinda contra Dengue, Zika e Chikungunya”.

Também, está previsto a realização de mutirões nos bairros, integração entre as secretarias através da Sala de Situação Municipal e ações dos combatentes mirins.

Estas ações se justificam em decorrência do resultado da Avaliação de Densidades Larvária – ADL, de outubro de 2019, que obtivemos a média do resultado satisfatório de 0.7.

Porém ao analisar 2 das 6 áreas que divide o município, nos coloca em estado de alerta na região Central e Moreiras César com índice de 1.14 e 1.46, respectivamente, índices acimas do preconizado pelo Ministério da Saúde.

Segundo o diretor de Proteção aos Riscos e Agravos à Saúde, Rafael Lamana, o combate ao criadouro do Aedes aegypti é uma ação obrigatória de todos: cidadãos e Poder Público, contudo, os quintais das residências ainda persistem como locais onde foram encontradas as larvas: vasos de plantas, potes, reservatórios de água de chuva e lixo / entulho.

“Por esta razão, mantenha seus imóveis em bom estado de conservação, faça o descarte adequado de materiais inservíveis. Na impossibilidade, mantenha-se vigilante a estes materiais, plantas, ralos e qualquer superfície que possa acumular água”, solicitou o diretor Rafael Lamana.