Início Variedades Vestibular Unesp 2020 divulga as respostas para as perguntas mais frequentes dos...

Vestibular Unesp 2020 divulga as respostas para as perguntas mais frequentes dos candidatos

(Foto ilustrativa- divulgação/internet)

No ano em que realiza o maior exame da sua história, com 7.725 vagas em 24 cidades de todas as regiões do Estado, a Universidade Estadual Paulista (Unesp) divulga as principais questões encaminhadas pelos candidatos do Vestibular 2020. O prazo de inscrições encerra-se em 7 de outubro (segunda-feira). O cadastramento será feito pelo site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br).

O Manual do Candidato, com todas as informações sobre a seleção, está disponível para consulta no site da Vunesp.

Publicidade

PERGUNTAS FREQUENTES E RESPOSTAS

P: Quando termina o prazo de inscrições? Qual o site para a realização das inscrições?

R: O prazo se encerra às 23h59 do dia 7 de outubro (segunda-feira). Os candidatos devem se inscrever pelo site da Vunesp (www.vunesp.com.br).

P: Até quando a taxa de inscrição pode ser paga?

R: Os candidatos podem pagar a taxa de inscrição até 8 de outubro (terça-feira), mas é fundamental que tenham concluído o cadastramento no site da Vunesp até 7 de outubro (segunda-feira).

P: Qual o valor da taxa? A Unesp oferece isenção ou redução da taxa?

R: A taxa é de R$ 170,00. A Unesp oferece isenção e redução de 50% ou de 75% da taxa. O prazo para pedidos de isenção e redução de 50% encerrou-se em 8 de setembro. O resultado dos pedidos já foi divulgado. As inscrições com redução de 75% do valor da taxa (R$ 42,50) destinam-se a candidatos de último ano do ensino médio da rede pública paulista (cerca de 400 mil alunos do Centro Paula Souza e da Secretaria da Educação/SP) e poderão ser feitas até 7 de outubro, mesmo prazo para as inscrições com pagamento da taxa integral (R$ 170,00).

P: O candidato pode usar o CPF do seu responsável?

R: O candidato deverá indicar o seu próprio número de CPF. Aquele que ainda não possui deverá consultar o site www.receita.fazenda.gov.br, onde constam as orientações para obtenção de CPF.

P: Qual documento eu preciso apresentar na hora do exame?

R: O candidato deverá apresentar em todas as provas o original de um dos seguintes documentos de identificação: RG; Carteira Nacional de Habilitação (modelo com foto); Certificado Militar; CTPS; Passaporte; Carteira de Órgão ou Conselho de Classe e Carteira de Identidade expedida por instituições militares.

P: Quais os materiais recomendados para a realização da prova e a qual duração do exame?

R: Os materiais de prova a serem levados pelos candidatos são caneta esferográfica com tinta preta (fabricada em material transparente) e régua transparente. O candidato também pode levar lápis preto (proibido uso de lapiseira), apontador e borracha. O exame terá duração de cinco horas na primeira fase e de quatro horas e meia nos dois dias de prova da segunda fase.

P: Eu posso trocar a opção de curso do vestibular?
P: Se eu passar no curso em período integral que a nota de corte é maior do que o noturno, eu posso mudar para a turma noturna?

R: O candidato fará a opção para o curso no ato da inscrição, não sendo possível mudança de opção depois da inscrição.

P: Qual o curso mais concorrido em sua unidade e na Unesp?

R: A relação candidato/vaga do Vestibular Unesp poderá ser consultada no site da Vunesp. O total é divulgado com número de vagas, total de inscritos e relação candidato/vaga.

P: Como a Unesp atende os candidatos portadores de deficiência? A Unesp oferece exames especiais? Os locais de prova garantem o acesso dos deficientes?

R: O candidato com deficiência deve, além de se inscrever pela Internet, enviar por upload um laudo emitido por especialista, inclusive com a especificação das necessidades especiais para realização da prova. As instruções sobre o envio do laudo podem ser verificadas na página 13 do Manual do Candidato.

P: Posso usar brincos/piercings na hora da prova?

R: Sim, brincos e piercings estão liberados. Porém, não será permitido o uso de nenhum aparelho eletrônico, tais como calculadora, telefone celular, relógio, reprodutor de áudio de qualquer natureza ou de qualquer material que não seja o fornecido pela Fundação VUNESP, nem uso de protetor auricular, boné, gorro, chapéu e óculos de sol. Mais informações sobre itens proibidos podem ser obtidas na página 19 do Manual do Candidato.

P: Como funciona a classificação para a segunda fase?

R: A classificação da primeira fase, composta por 90 questões de múltipla escolha, é feita numa escala de 0 a 100. São convocados para a segunda fase, em média, seis candidatos por vaga para cada curso.

P: Eu serei desclassificado se zerar em alguma disciplina?

R: O candidato só é desclassificado se não comparecer a uma das provas, incluindo as da segunda fase, se obtiver nota inferior a 20 na prova da primeira fase ou se zerar em um dos três eixos da prova de Conhecimentos Específicos da segunda fase (Linguagens e Códigos, Ciências da Natureza e Matemática e Ciências Humanas) ou na redação.

P: Quais livros a Unesp vai cobrar no Vestibular?

R: A Unesp não trabalha com lista de leituras obrigatórias.

P: Eu coloquei o local da prova em um lugar que eu não tenho como ir. Gostaria de saber se tem como mudar.

R: Conforme a página 15 do Manual do Candidato, o aluno indicará a cidade em que quer fazer a prova no ato da inscrição, não sendo possível mudança de local. A prova da Unesp é aplicada em 35 cidades, sendo 31 paulistas e ainda em Brasília/DF, Campo Grande/MS, Curitiba/PR e Uberlândia/MG

P: Qual é o horário da prova? Que hora os candidatos devem se apresentar

R: Recomenda-se comparecer ao local da sua prova uma hora antes do início de cada prova, ou seja, às 13h, quando terá início o ingresso no prédio. Os portões do prédio serão fechados às 14h. Não serão admitidos retardatários.

P: Eu posso usar a nota do Enem no Vestibular Unesp?

R: Sim. A Unesp utiliza o Enem para composição da nota final dos candidatos aprovados na segunda fase, desde que seja maior que a nota da prova da primeira fase. A nota do Enem comporá então 10% da nota final para os cursos sem provas de habilidades. Para as carreiras com prova de habilidades, o Enem representará 6,66% da sua nota final.

P: E quem não fez o Enem?

R: Para esses candidatos, será considerada apenas a nota da prova de Conhecimentos Gerais (primeira fase), sem qualquer espécie de prejuízo.

P: Como é feita a segurança do vestibular da Unesp, desde a elaboração das provas até a impressão e a correção?

R: Os procedimentos adotados pela Vunesp, desde seu primeiro vestibular, em 1980, garantem a segurança e o sigilo das provas em todas as suas etapas: elaboração, impressão, transporte e correção. No dia do exame, o candidato vê em sua sala o pacote lacrado de provas sendo aberto pelo fiscal e que os candidatos todos são filmados, além de uma equipe treinada e criteriosa para seguir os procedimentos padronizados para todos os candidatos em todas as cidades.

P: Perdi o meu RG e fiz o Enem com o Boletim de Ocorrência. Posso fazer o mesmo na prova da Unesp?

R: Se o boletim de ocorrência tiver sido emitido dentro do prazo de 90 dias, será aceito para fins de identificação do candidato.

Mais informações:

Informações sobre todos os cursos da Universidade no Guia de Profissões, em www.unesp.br/guiadeprofissoes

Disque Vunesp – (11) 3874-6300 (em dias úteis, das 8 às 18 horas)

Sites – vestibular.unesp.br e www.vunesp.com.br

Sobre a Unesp

A Unesp é uma universidade pública e gratuita, que está entre as maiores e melhores do país e da América Latina. Presente em 24 cidades do Estado de São Paulo, com 34 unidades universitárias, desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento.

Criada em 1976, a Universidade tem aproximadamente 54 mil estudantes, entre alunos de graduação e pós-graduação (stricto sensu).

Oferece ainda cursos pré-vestibulares gratuitos e mantém programas de extensão abertos para a comunidade.

Três escolas de ensino técnico também são mantidas pela Unesp, que possui cerca de 1.900 laboratórios e 30 bibliotecas, além de cinco fazendas de ensino e pesquisa e três hospitais veterinários.