Início Polícia Veja o balanço da Operação Rodovia Mais Segura

Veja o balanço da Operação Rodovia Mais Segura

(Foto: divulgação/Polícia Militar)

A Operação “Rodovia mais Segura”, desenvolvida por 18.594 policiais militares, em conjunto com Polícia Rodoviária Federal, combateu intensamente o crime nas 24 horas dessa quinta-feira (21).

As ações iniciaram à zero hora, e contou com 8.126 viaturas, distribuídas em 2.773 locais de atuação policial, sendo 234 pontos de bloqueios nas rodovias, entre marginais e acessos às rodovias estaduais e federais de São Paulo. Também deram suporte à operação cinco helicópteros, por meio do patrulhamento aéreo.

Publicidade

Os condutores e veículos selecionados nas abordagens foram fiscalizados por equipes do policiamento ostensivo (BAEP, Força Tática e policiamento territorial), com apoio do policiamento de choque, o policiamento ambiental e o Comando de Aviação, com o patrulhamento aéreo. Após, os condutores foram concitados a se submeterem ao teste de bafômetro e à verificação da documentação e das condições dos veículos para trânsito na rodovia pelas equipes do Comando de Policiamento Rodoviário e da Polícia Rodoviária Federal. Nas vias urbanas da capital, a fiscalização foi realizada pelo Comando de Policiamento de Trânsito.

Na Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte foram empenhados 1.060 policiais militares, 475 viaturas, em 206 pontos de rodovias.

Campos do Jordão (Foto: divulgação/Polícia Militar)

Assim, como resultado da operação na nossa região, tivemos ocorrências importantes e os seguintes resultados:

Efetivo 1060
Viaturas 475
Aeronaves 1
Pontos do Estado 206
Pessoas abordadas 1819
Prisões/Apreensões 16
Procurados Capturados 9
Veículos vistoriados 1227
Veículos recuperados 1
Multas etilômetros (art. 165 e 165A da CTB) 0
Armas apreendidas 4
Drogas apreendidas (Kg) 1,585

A Polícia Militar do Estado de São Paulo atua diuturnamente na maximização dos resultados operacionais e na consequente redução dos indicadores criminais, aumentando a percepção de segurança da população e a diminuição de mortes e acidentes nas rodovias paulistas.