Início Esporte A poucos meses da Copa, Neymar tem futuro indefinido e não deve...

A poucos meses da Copa, Neymar tem futuro indefinido e não deve permanecer no PSG

(Imagem ilustrativa - divulgação/internet)

Jogador já foi informado pelo clube francês que pode ser negociado durante a janela de transferências

Boa parte do favoritismo do Brasil na Copa do Mundo deste ano, no Catar, em sites de apostas que oferecem o resultado da banca aliança, e também entre os comentaristas, está baseado na produção de um jogador: Neymar. O atacante de 30 anos é o principal jogador do país na atualidade, mas sua carreira nos próximos meses pode definir o futuro da seleção na competição.

Publicidade

Neymar vai disputar sua terceira Copa do Mundo. Há quem diga que possa ser a última, de acordo com pessoas próximas ao jogador. O atleta estaria cansado da pressão que sofre como principal estrela brasileira. Por isso, Neymar quer chegar bem preparado fisicamente e psicologicamente para tentar conquistar o hexa.

Para isso, Neymar tem uma decisão importante a ser tomada nas próximas semanas. Isso porquê, ele deve começar a procurar um novo clube, já que o PSG já informou que pretende negociá-lo na próxima janela de transferências do futebol europeu, entre julho e agosto. Mesmo com contrato até 2025, o clube francês sente que a jornada do brasileiro na equipe está esgotada.

A informação sobre o rompimento do vinculo entre Neymar e PSG foi publicada pelo jornal espanhol El País. Segundo a publicação, Neymar recebe anualmente cerca de 40 milhões de euros (cerca de R$ 221 milhões) líquidos, o que inclui acordos de publicidade, pagos diretamente pelo PSG ou por empresas ligadas ao fundo do governo do Catar, proprietário do clube. Mensalmente, são cerca de R$ 18 milhões.

Poucos clubes do mundo teriam condição de bancar esse valor a um jogador de futebol. Entre os possíveis destinos – Real Madrid, Manchester City, Liverpool – ninguém até o momento se manifestou sobre o interesse no craque. Ou seja: se quiser se manter na elite do futebol mundial, Neymar terá de baixar o preço.

Se quiser retornar ao Brasil, o esforço financeiro terá de ser ainda maior. Clubes como Flamengo, Palmeiras e Atlético Mineiro, ainda que saudáveis financeiramente, não teriam condição de chegar nem perto do valor recebido pelo brasileiro no clube francês.

A mudança na estratégia do PSG envolvendo Neymar passa pela renovação de contrato com Mbappe, que hoje é a principal estrela do clube. O atacante de 23 anos fez jogo duro para permanecer em Paris. Ao aceitar um novo vínculo, exigiu uma série de contrapartidas, que envolvem mudanças significativas.

Uma delas foi a saída do brasileiro Leonardo do cargo de diretor do PSG. Outra seria a negociação imediata de Neymar. Além disso, Mbappe também pediu a chegada de reforços de peso ao clube para que o PSG possa brigar com chances reais de título pela próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

Os cataris donos do PSG fizeram de Neymar o jogador mais caro da história do futebol quando o contrataram por 222 milhões de euros do Barcelona em 2017. Segundo o jornal francês L´Equipe, o vínculo do brasileiro seria renovado automaticamente até 2027 por gatilhos estabelecidos previamente no contrato.

Agora, Neymar precisa definir o que vai fazer da sua carreira. Faltando menos de seis meses para o início da Copa do Mundo, o atleta precisa chegar preparado e com ritmo de jogo à competição. Ele só terá isso se estiver atuando com certa regularidade e em alto nível. Por isso, o desempenho do Brasil na Copa depende da carreira de Neymar. O que ele vai fazer?