Início São José dos Campos São José dos Campos libera 4ª dose para pessoas com 41 anos...

São José dos Campos libera 4ª dose para pessoas com 41 anos ou mais

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos libera nesta quinta-feira (23), a aplicação da 4ª dose – segundo reforço – para as pessoas com 41 anos ou mais. A imunização é importante para evitar o surgimento de variantes e o registro de novos casos, internações e óbitos.

Publicidade

Na última semana, o Ministério da Saúde liberou a quarta dose de reforço para as pessoas entre 40 e 49 anos, no entanto, a Prefeitura aguarda o recebimento de mais doses da vacina para contemplar as idades. Em São José, 74.578 pessoas desta faixa-etária foram vacinadas com a terceira dose e estão aptas a receber a quarta.

A previsão é que seja liberada a quarta dose para todas as pessoas com 40 anos ou mais na sexta-feira (24). Para receber as doses de reforço é preciso respeitar um intervalo de no mínimo 4 meses desde a última dose da vacina contra a covid-19.

A quarta dose também está disponível para os profissionais que atuam na área da saúde, tanto na rede pública quanto na privada (veja a lista abaixo).

A Prefeitura reforça que a imunização é o melhor caminho para evitar o surgimento de novas variantes e o aumento de casos, internações e óbitos. A cidade, assim como o país, continua com baixa adesão das crianças e com faltosos nas doses de reforço.

Reforço para adolescentes

Todos os adolescentes de 12 a 17 anos já podem receber a 1ª dose de reforço da vacina contra a covid-19.

5ª dose de reforço

A Prefeitura iniciou neste mês a aplicação da terceira dose de reforço para as pessoas com 60 anos ou mais que tenham imunossupressão (veja a lista abaixo).

Considerados como imunossuprimidos

I – Imunodeficiência primária grave

II – Quimioterapia para câncer

III – Transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH) em uso de drogas imunossupressoras

IV – Pessoas vivendo com HIV/Aids

V – Uso de corticóides em doses ≥20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por ≥14 dias.

VI – Uso de drogas modificadoras da resposta imune – Metotrexato; Leflunomida; Micofenolato de mofetila; Azatiprina; Ciclofosfamida; 6- mercaptopurina; Biológicos em geral (infliximabe, etanercept, humira, adalimumabe, tocilizumabe, Canakinumabe, golimumabe, certolizumabe, abatacepte, Secukinumabe, ustekinumabe); Inibidores da JAK (Tofacitinibe, baracitinibe e Upadacitinibe)

VII-Auto inflamatórias, doenças intestinais inflamatórias

VIII – Pacientes em terapia renal substitutiva (hemodiálise)

Considerados trabalhadores de saúde
Todos os trabalhadores de saúde dos serviços públicos e privados, nos diferentes níveis de complexidade que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais:

– Médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontologistas, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais de educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares, assim como os trabalhadores de apoio: recepcionistas, seguranças, serviços gerais, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, profissionais que atuam em cuidados domiciliares como os cuidadores de idosos e doulas/parteiras, entre outros.

A vacina também será ofertada aos estudantes da área da saúde que estiverem prestando atendimento na assistência dos serviços de saúde.

Pontos de vacinação durante a semana
– UBS’s Resolve (Unidades Básicas de Saúde), das 8h às 17h, com distribuição de senhas a partir das 8h, e às 13h até o esgotamento delas ou de acordo com a capacidade operacional e estrutura física de cada unidade.

– Colégio Tableau, das 8h às 21h.

– Cefe (Centro de Formação do Educador), das 18h às 21h.

– Unidades do Laboratório Cipax do Vale Sul Shopping e Praça Afonso Pena, das 9h às 16h.