Início Variedades Como aumentar visualizações com a miniatura do YouTube

Como aumentar visualizações com a miniatura do YouTube

Imagem: Pixabay

O nome “miniatura”, dado às imagens estáticas que um utilizador do YouTube vê quando procura um vídeo, é uma designação que não traduz a importância destas imagens.

Publicidade

Para se diferenciar na crescente competição de uma plataforma cada vez mais repleta de conteúdos de qualidade, a miniatura do vídeo ganha importância suplementar para destacar o seu vídeo na multidão.

Para que você saiba fazer uma miniatura com qualidade, não basta saber usar um aplicativo de edição gráfica, distinguir resolução de tamanho ou saber como remover fundo de imagem. São necessárias certas subtilezas para transformar a sua imagem num atrativo à visualização do seu vídeo.

Porque são as miniaturas importantes?

Embora seja um adágio popular dizer-se que não se deve julgar um livro pela capa, a verdade é que toda a gente o faz no quotidiano e o Youtube não é diferente nesse aspeto em particular.

A miniatura do seu vídeo é uma janela para perceber o conteúdo do mesmo, mas deverá igualmente ser um apelo à sua visualização. No que toca ao caráter apelativo das imagens, há regras elementares que permitem atrair ao invés de repulsar a sensibilidade estética das pessoas.

Quando você faz o upload do seu vídeo para o YouTube, a própria plataforma cria uma miniatura a partir de uma frame do seu vídeo. Esta imagem não é completamente aleatória, pois o algoritmo do YouTube seleciona essa imagem de acordo com preceitos úteis.

Porém, é sempre preferível você personalizar a imagem, ainda que aceite a escolha feita pelo algoritmo. A personalização da sua imagem não só permite destacar a sua miniatura nas muitas que vão partilhar o mesmo espaço, como possibilita também que você mantenha uma estética própria em todas as miniaturas que criar.

O tamanho importa, sim!

Muitos aplicativos de edição de imagem possuem templates com dimensões padronizadas para as plataformas sociais – vídeos do YouTube, reels do Instagram ou imagens de capa do Facebook.

É sempre bom saber as especificações de cada imagem para que você possa fazê-la de forma autónoma. Assim, deverá memorizar estes números: 1280px por 720px. Estas são as dimensões da miniatura do YouTube, comprimento e altura, respetivamente.

Caso não saiba, estas dimensões fazem da miniatura do YouTube uma imagem particularmente grande, o que serve o propósito de ser visualizada em muitos tamanhos, desde o celular à sala de congressos.

Os formatos de ficheiro que você pode usar para a sua miniatura são PNG, BMP, GIF ou JPG.

Boas práticas na criação das miniaturas

Fique agora com algumas dicas fundamentais para criar miniaturas vencedoras. Se conseguir adotar estes princípios na criação das suas imagens, estará a dar um contributo importante ao sucesso do seu canal.

1.   A cor que diferencia

A utilização da cor é um aspeto essencial. Não se trata somente de saber harmonizar as opções cromáticas de acordo com as regras da estética. A cor pode servir também para delimitar os seus vídeos de acordo com os diferentes conteúdos.

Imagem: Pixabay

Por exemplo, se o seu canal for de marketing digital, poderá ter um esquema de cores para vídeos de dicas de vendas, outro para crítica de produtos e outro ainda para vídeos de AMA.

2.   Consistência do modelo

Para que as suas miniaturas gerem uma consciência de marca forte, será útil utilizar sempre um modelo homogéneo de miniatura, fazendo variar os aspetos que têm que ser diferenciados. Procure criar um modelo predefinido, bastando depois alterar o texto e outros aspetos gráficos contidos na imagem.

3.   Use sempre a sua marca

Decerto criou uma imagem de marca para o seu canal, um logótipo que o identifique. Faça questão de colocar esse elemento gráfico nas suas miniaturas, preferencialmente na mesma posição do plano gráfico, de modo a manter a consistência de marca que ajuda a fidelizar seguidores.

4.   Não iluda os utilizadores

As pessoas são cada vez mais críticas quanto às estratégias de clickbait e começam gradualmente a ganhar consciência de que esse não é o modo correto de selecionar conteúdos.

Não deverá colocar mensagens enganadoras na sua miniatura, sejam elas na forma de texto ou na adulteração da imagem estática para um resultado que em nada tem que ver como vídeo.

Se pretende criar fidelização ao seu canal do YouTube, enganar os seus utilizadores é precisamente a forma incorreta de atingir esse objetivo.

Conclusões

Com 2,3 mil milhões de acessos por mês, você tem tudo para que o seu vídeo no YouTube passe de um registo esquecido num canto escuro da plataforma para um vídeo verdadeiramente viral.

Imagem: Pixabay

O YouTube pode ser uma poderosa ferramenta para qualquer criador de conteúdos digitais que saiba aproveitar todo o seu potencial. A miniatura de imagem estática serve como capa de cada vídeo e poderá fazer uma enorme diferença no alcance e na orgânica do seu canal. Não despreze esta vertente do seu vídeo e certamente será recompensado pela sua correta utilização.