Início Variedades Financiamentos do Desenvolve SP para o Vale do Paraíba superam R$ 60...

Financiamentos do Desenvolve SP para o Vale do Paraíba superam R$ 60 milhões na pandemia

Sergio Gusmão Suchodolski - Foto: divulgação

Volume de recursos destinados aos municípios da região é quase quatro vezes superior ao registrado no período pré-pandemia

A agência de fomento Desenvolve SP desembolsou R$ 61,3 milhões em financiamentos para empresas e prefeituras do Vale do Paraíba e Litoral desde o início da pandemia, em março de 2020, até maio deste ano. O volume de recursos destinados aos municípios da região é quase quatro vezes superior ao registrado no período pré-pandemia (2018 e 2019), no qual os financiamentos totalizaram R$ 16,8 milhões.

Publicidade

A região é a quinto em volume de desembolsos desde o início da pandemia, atrás apenas de São Paulo (R$ 1,114 bilhão), Campinas (R$ 304,3 milhões), Sorocaba (R$ 137,1 milhões) e São José do Rio Preto (R$ 76,7 milhões).

Para o presidente do Desenvolve SP, Sergio Gusmão Suchodolski, o aumento expressivo de desembolsos desde o início da pandemia comprova que a agência de fomento atuou de forma efetiva para minimizar os impactos da crise sanitária, resguardado empregos e mantendo a renda da população do Vale do Paraíba e Litoral.

“O Desenvolve SP é um banco de última milha. Ou seja, nossa missão é fazer os recursos chegarem na ponta, auxiliando as micro, pequenas, médias empresas e prefeituras a superarem a crise causada pela pandemia. O Desenvolve SP atua tanto nos momentos de emergência, quanto nas agendas de futuro”, afirmou Suchodolski.

As linhas de crédito para capital de giro lideram os desembolsos para a região, totalizando R$ 33,9 milhões. Isto é, a grande maioria dos recursos foi utilizada para manter os negócios em funcionamento. Os demais recursos foram destinados para projetos de investimento, modernização ou ampliação (R$ 26,1 milhões) e para a aquisição de máquinas e equipamentos (R$ 1,2 milhão).

Dos mais de R$ 60 milhões financiados pelos municípios da região, R$ 22,3 milhões foram financiados para prefeituras. O segundo maior volume de desembolsos foi para o setor de serviços (R$ 19,6 milhões), seguido pelo comércio (R$ 12 milhões), indústria (R$ 7,3 milhões) e agronegócio (R$ 41,6 mil).

São José dos Campos é o município com maior volume de financiamentos: R$ 15,6 milhões. Depois estão São Sebastião, com R$ 11,1 milhões; Caçapava, cujos financiamentos totalizaram R$ 7,9 milhões; e Caraguatatuba e Pindamonhangaba, ambos com R$ 4,9 milhões em financiamentos.

No entanto, o volume de desembolsos para a região recebeu, nesta semana, reforço expressivo. Na última segunda-feira (6), foi formalizado financiamento de R$ 35 milhões para execução de obras de drenagem e piscinões em Caçapava. O município terá carência de 12 meses e prazo de pagamento de 72 meses. O financiamento foi obtido por meio da Linha Verde Municípios, que financia investimentos municipais destinados a projetos sustentáveis.

Sobre o Desenvolve SP  

Vinculado à Secretaria da Fazenda e Planejamento, o Desenvolve SP é uma instituição financeira do Governo do Estado de São Paulo que oferece opções de financiamento para micro, pequenas e médias empresas paulistas com prazos longos e taxas de juros competitivas. As opções de crédito do Desenvolve SP financiam projetos de investimento em ampliação e modernização, aquisição de máquinas e equipamentos, capital de giro, iniciativas ambientais sustentáveis e projetos inovadores.

O Desenvolve SP também atua junto ao setor público, com linhas de crédito voltadas para as Prefeituras e destinadas a projetos de cunho ambiental, infraestrutura ou saneamento. Desde o início da pandemia, o banco injetou mais de R$ 2 bilhões na economia paulista.