Início Variedades 4 hábitos do dia a dia que podem diminuir a enxaqueca

4 hábitos do dia a dia que podem diminuir a enxaqueca

Foto: divulgação istock

Confira algumas dicas para evitar essa doença, que atinge milhões de pessoas

A enxaqueca é um problema neurológico e crônico que afeta milhares de pessoas em todo o mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaleia (SBC), cerca de 30 milhões de brasileiros sofrem com essa doença, na qual o principal sintoma é a dor latejante em um dos lados da cabeça. 

Publicidade

Diversos fatores podem contribuir para a enxaqueca, seja relacionado ao estresse, a questões hormonais, ou a algum problema neurológico grave. O importante é estar sempre atento às causas e procurar um neurologista para exames regulares, pois ele pode identificar algum problema grave, ajudando em um possível tratamento.

Mesmo sem uma causa definida a respeito da enxaqueca, alguns hábitos podem ajudar a diminuir o impacto dela. Confira abaixo:

Tenha uma alimentação saudável

A alimentação saudável beneficia seu corpo de um modo geral; portanto, ela também ajuda no combate à enxaqueca. Evite o consumo de alimentos cítricos, chocolates e café, pois eles contêm substâncias que interagem com a bioquímica cerebral, diminuindo a quantidade de serotonina do seu corpo, hormônio principal ligado à enxaqueca. 

Faça consumo de frutas e verduras, beba bastante líquido e se alimente corretamente em intervalos regulares. O jejum em tempo prolongado, superior a 4 horas, e a alimentação rica em frituras, podem contribuir negativamente para a doença.

Pratique exercícios físicos 

A prática de exercícios é extremamente importante para diminuir sua enxaqueca, pois a prática libera endorfina, hormônio responsável pelo bem-estar. Sua liberação é ocasionada após um sentimento de prazer ligado às atividades, gerando alívio e relaxamento do corpo e da mente. De acordo com estudos, a prática de atividades três vezes por semana, por aproximadamente 20 minutos, funciona tão bem quanto prescrições médicas.

Tenha um sono regular 

O sono desregulado também contribui bastante para a enxaqueca, pois uma noite mal dormida pode gerar estresse e cansaço mental, que são causas primordiais para a doença. Busque ter um sono regular de oito horas por dia, investindo no conforto da sua cama e no ambiente que você dorme.

Caso você tenha algum problema com ambientes secos ou algum tipo de rinite alérgica, invista em um purificador de água para o quarto, pois ele contribui para uma melhor respiração durante o sono, aumentando a qualidade do mesmo.

Priorize sua saúde mental

Nesse ritmo acelerado que vivemos, a saúde mental pode ficar em segundo plano, o que irá gerar estresse e mal-estar no dia a dia. Pratique meditação ou algum hobbie que goste, pois isso irá diminuir a sua carga de estresse, auxiliando no bem-estar físico e mental.