Início Pindamonhangaba Em Pinda, Escola Municipal José Gonçalves da Silva comemora 10 anos de...

Em Pinda, Escola Municipal José Gonçalves da Silva comemora 10 anos de fundação

Foto: Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba/divulgação

No dia 31 de março, a Escola Municipal José Gonçalves da Silva “Seu Juquinha” comemorou 10 anos de sua fundação. Localizada no bairro Liberdade, no distrito de Moreira César, a escola é conhecida carinhosamente como “Seu Juquinha”, modo como era conhecido o seu patrono.

Publicidade

Na escola, as festividades em comemoração ao aniversário da unidade escolar aconteceram no dia 22 de março, na qual estiveram presentes no evento a filha do Seu Juquinha, dona Angélica da Silva, a diretora pedagógica da Secretaria de Educação, Elaine Prolungatti, a gestora regional, Roselaine Almeida, e demais diretores das escolas municipais vizinhas.

A celebração contou com apresentação de ginástica rítmica do 4º ano e oficinas pedagógicas simultâneas. O rapper Di Preto, artista local, realizou oficina de improviso com os alunos. O artista plástico Dani KKO também abrilhantou o evento, desenhando no entorno da quadra junto aos alunos. Por fim, o biólogo Lucas Aosf palestrou a respeito dos diferentes grupos de serpentes brasileiras, e realizou uma demonstração aos alunos. A celebração proporcionou uma experiência de muita aprendizagem e diversão às crianças.

Foto: Prefeitura Municipal de Pindamonhangaba/divulgação

Quem foi Seu Juquinha? – Nascido no dia 20 de maio de 1925, José Gonçalves da Silva assumiu responsabilidades muito cedo, devido à perda de seu pai aos 13 anos. Morador do bairro Vila São Benedito, ele foi um homem generoso, que praticava a caridade em todos os sentidos, pois colocava-se à serviço do próximo e tinha sábias palavras para orientar e encaminhar os jovens vicentinos. Foi muito conhecido por sua conduta digna e caridosa, por batalhar por melhores condições de vida aos mais pobres e necessitados. Seu amor às pessoas carentes era notado pelo número de pessoas que o procuravam. Seu lema era: “Nada adianta a fé se não existir a caridade”. Seu Juquinha faleceu aos 83 anos de idade, no dia 15 de abril de 2009.