Início Variedades 5 ideias de negócios lucrativos para empreender com pouco dinheiro

5 ideias de negócios lucrativos para empreender com pouco dinheiro

Foto de Andrea Piacquadio no Pexels

Mesmo com investimento baixo é possível realizar o sonho de ter seu próprio negócio 

De acordo com um levantamento realizado pelo Sebrae ao longo de 2021, mais de 3,9 milhões de empreendedores formalizaram micro e pequenas empresas ou se registraram como microempreendedores individuais (MEIs). Esse resultado representa uma expansão de 19,8% em relação a 2020, quando foram abertos 3,3 milhões de novos negócios. Essa movimentação foi motivada principalmente pela pandemia, que acabou forçando uma parcela da população a procurar o empreendedorismo por necessidade e estimulou outra parte que já pensava ou tinha o sonho de abrir seu próprio negócio.

Publicidade

A tendência é que esse crescimento na criação de novos CNPJs continue forte em 2022. A Zippi, fintech que oferece o cartão de crédito semanal para autônomos, listou cinco opções de microempreendimentos com pouco investimento e retorno financeiro rápido para você que está pensando em tornar-se empreendedor. Confira:

  1. Abra uma loja de Dropshipping

No dropshipping você atua como intermediário entre o consumidor e o fornecedor, sem a necessidade de manter um estoque e enviar os produtos, que são responsabilidades dos fornecedores. Trata-se, portanto, de um modelo de negócios que não exige grandes investimentos, pois o lojista fica responsável apenas pelas vendas, estratégia de marketing e atendimento ao cliente.
 

Procure identificar produtos com potencial interesse do seu público, que não são encontrados por aí facilmente. Além disso, é importante escolher criteriosamente os seus fornecedores, já que no dropshipping eles influenciam diretamente a capacidade e a qualidade de vendas do seu negócio.

2. Venda produtos por catálogo

Tornar-se uma revendedora de alguma marca por catálogo é uma opção simples e barata de empreender, que pode se tornar lucrativa com uma boa clientela. Para garantir um sucesso maior, é importante diversificar a sua mercadoria para poder oferecer uma boa variedade de produtos a um público consumidor mais amplo. Existem inúmeras opções no mercado de marcas de catálogo que vendem roupas, perfumes, cosméticos, utensílios domésticos e suplementos e vitaminas. Hoje em dia você nem precisa mais vender presencialmente. É possível criar uma loja virtual e divulgar constantemente nas redes sociais.

3. Seja um afiliado digital
 

O afiliado digital utiliza suas redes sociais para anunciar e indicar produtos e serviços para empresas parceiras. A cada venda, clique, impressão, lead gerado e até formulário respondido, ele recebe uma comissão. O funcionamento do processo é bem simples e não requer investimento, quem quer ser um afiliado entra em uma das plataformas que disponibilizam esse tipo de parceria e se cadastra gratuitamente, depois aguarda a autorização do anunciante. Cada afiliado tem um link único de venda e é por intermédio dele que é realizada a divulgação dos produtos ou serviços nas suas redes sociais.

4. Faça alimentos para vender
 

Fazer comidas em casa para vender pode ser bem lucrativo e oferece uma boa variedade de opções para se trabalhar, tais como doces, comidas fitness, caseiras e salgados, por exemplo. Esse modelo de negócios também não exige um grande investimento financeiro e você pode utilizar o cartão de crédito como capital de giro para o seu negócio. “Com uma opção de cartão de crédito com fatura semanal, você evita perder o controle financeiro e contrair dívidas, pois o prazo de pagamento irá acompanhar o fluxo do seu trabalho. Assim você utiliza o meio de pagamento para comprar o ingrediente, depois faz a comida, vende, recebe e já paga a fatura, sem acumular dívidas”, orienta Andrea Avedissian, brand manager na Zippi.
 

5. Trabalhe como freelancer na sua área de atuação
 

Ao atuar como freelancer você poderá trabalhar por conta própria e não estar vinculado a uma empresa específica. Há oportunidades em diversas áreas de atuação como administração, direito, design, arquitetura, marketing, tecnologia, educação, limpeza, beleza, reformas e serviços gerais. Além disso, existem plataformas especializadas em divulgar vagas freelancer, como o GetNinjas, que pode ajudar nesse processo.

 Sobre a Zippi

Zippi é uma fintech que oferece o cartão de crédito semanal para autônomos. O objetivo da empresa é ser o ponto de apoio para esse trabalhador, proporcionando maior controle financeiro, menores taxas e um prazo de pagamento de fatura que acompanha o seu fluxo de trabalho.