Início São José dos Campos Chuva causa estragos em São José dos Campos

Chuva causa estragos em São José dos Campos

Foto: Claudio Vieira/PMSJC

A Prefeitura de São José dos Campos realiza uma força-tarefa para reparar os estragos provocados pelo temporal que atingiu a cidade na última quarta-feira (29). A operação envolve equipes da Defesa Civil e das secretarias de Manutenção da Cidade, Mobilidade Urbana, Apoio Social ao Cidadão e Educação, que estão nas ruas desde o início das ocorrências.

Publicidade

Cerca de 50 servidores da Prefeitura atuaram diretamente no trabalho de desobstrução de ruas e avenidas, onde houve queda de árvores e galhos. Foram 48 ocorrências desde a noite de quarta-feira. Não houve vítimas.

A Defesa Civil interditou duas casas na região central. As famílias desalojadas foram para casa de parentes. Houve ainda quatro casas destelhadas e seis residências alagadas nas regiões central e leste. A Prefeitura ainda registrou uma ocorrência de queda de árvore sobre casa no centro de São José.

Novas ocorrências podem ser registradas pelo 156, pelo telefone ou aplicativo de celular.

Apoio Social

As equipes da Secretaria de Apoio Social ao Cidadão atenderam nove chamados, orientando as famílias e oferecendo ajuda.

Para as famílias que tiveram a casa interditada, foi oferecido acolhimento em abrigo municipal, mas preferiram ir para casa de amigos.

Mobilidade Urbana

Quatro vias estão interditadas ou parcialmente interditadas.

Continuam totalmente interditadas:
– rua Andradas, no Esplanada 2
– uma faixa da rua Fagundes Varela, na Vila Betânia
– encontro da rua Francisco Berling com a Major Antônio Domingues, no centro.
A queda de uma árvore na rua Comendador Remo Cesaroni, na manhã desta quinta-feira (30), na Vila Ema, causou a interdição total da via. Todas as vias foram sinalizadas e agentes da mobilidade estão nos locais orientando motoristas.
A interdição das vias também resultou em desvios pontuais no itinerário das linhas de ônibus, definidas em razão das ocorrências.

Educação

Equipes de manutenção e limpeza trabalham no rescaldo das chuvas desta quarta-feira (29) nas escolas municipais atingidas.

Foi registrada a queda de um muro no NEI Aladir Maia Ribeiro Gomes, no Jardim Satélite. A Unidade está fechada por conta do recesso e férias. A equipe de Manutenção irá trabalhar no local nos próximos dias.

A Defesa Civil interditou parte do prédio do IMI Benedito Carvalho dos Santos, que fica no Paço.

A Unidade funciona como creche polo, com atendimento de crianças feito durante o período de recesso e férias.

Por conta da interdição, o atendimento das crianças será feito provisoriamente na Emei Elza Ferreira Rahal, na Vila Maria, a partir de segunda-feira (3).

Equipes da Educação estão em contato com as famílias das crianças para comunicar a mudança.