Início Variedades Dicas para você viajar e estudar na Europa a partir de 2022

Dicas para você viajar e estudar na Europa a partir de 2022

Foto ilustrativa: Pexels

Confira nossas dicas e aproveite o momento de retomada do turismo internacional para desengavetar seus planos de viajar e estudar na Europa a partir de 2022

A demanda reprimida por viagens internacionais tem estimulado muita gente a retomar planos de viajar e estudar na Europa. Com o sucesso das campanhas de vacinação contra a Covid-19, a reabertura de fronteiras no pós-pandemia está prestes a se tornar realidade ao redor do mundo.

Publicidade

Além disso, há uma grande parcela de pessoas que pretendem finalmente usar seus créditos para remarcar voos e reservas de hospedagem canceladas por conta das restrições de viagem para conter a propagação do coronavírus. Essas regras estão sendo flexibilizadas e agora a perspectiva é de aquecimento do turismo e da oferta de cursos presenciais no exterior.

O melhor momento para aproveitar a liberação da entrada de brasileiros na Europa é a partir do final de março do ano que vem, quando a primavera traz temperaturas mais amenas — reduzindo os riscos de novas ondas de infecções por vírus gripais. 

É importante atentar para o fato de que, a partir de 2022, vai ser obrigatório obter uma autorização ETIAS para entrar em qualquer um dos 26 países europeus do Espaço Schengen. Mas isso pode até facilitar a vida de turistas e estudantes, como explicaremos neste artigo.

Confira outras dicas para programar sua temporada de novas descobertas no velho continente!

Por que vale a pena viajar e estudar na Europa

A Europa é um destino perfeito para quem pretende combinar viagens e cursos no exterior. A cultura e estilo de vida europeu são excelentes estímulos à inteligência e a facilidade de locomoção entre países diferentes permite que você aproveite seus dias sem aulas para fazer turismo de um modo mais econômico.

Quem é cidadão brasileiro precisa de visto para fazer intercâmbio na Europa ou estudar em escolas e universidades na maioria dos países europeus. Contudo, a autorização de viagem ETIAS vai permitir que as pessoas façam cursos com duração inferior a 3 meses (que é o limite de estada com isenção de visto no território Schengen).

Países que fazem parte do Schengen

Os Estados-membros do Schengen têm uma política comum que libera a circulação entre suas fronteiras internas, facilitando as viagens no território onde ficam os seguintes países:

● Alemanha

● Áustria

● Bélgica

● Dinamarca

● Eslovênia

● Espanha

● Estônia

● Finlândia

● França

● Grécia

● Holanda

● Hungria

● Itália

● Letônia

● Liechtenstein

● Lituânia

● Luxemburgo

● Malta

● Mônaco

● Noruega

● Polônia

● Portugal

● República Checa

● San Marino

● Suíça

● Vaticano

Mônaco, San Marino e Vaticano são considerados microestados, mas também vão aceitar o ETIAS — e certamente valem a visita!

Cursos de curta duração para fazer enquanto viaja pela Europa

Há muitas opções de cursos livres com duração que pode variar de 1 dia a 3 meses para você fazer tranquilamente em uma viagem à Europa. Estas são apenas algumas ideias:

  • Fazer um curso intensivo de idiomas na Irlanda ou na Espanha, viajando pelos países da região nos finais de semana.
  • Estudar temas específicos nas famosas escolas de moda e design de Milão, na Itália, e depois viajar de trem ou avião para Suíça, Áustria, Eslovênia, Mônaco e França.
  • Participar de um workshop de negócios na Finlândia (que está entre os países com melhor qualidade de ensino do mundo) e fazer um bate-volta de balsa para a Estônia.
  • Fazer aulas de gastronomia na França ou em Portugal, onde não há a barreira da língua.

Ao estudar algo de seu interesse e fazer viagens paralelas pela Europa, você pode gastar menos do que se fosse dividir as coisas em mais de uma temporada… e aproveitar muito mais!

Informações essenciais sobre o ETIAS para Europa

O ETIAS (Sistema Europeu de Informação e Autorização de Viagens) vai entrar em operação até o final de 2022. Esse sistema vai emitir a nova autorização eletrônica que vai ser exigida de cidadãos de dezenas de países de fora da União Europeia.

A finalidade desse novo requisito de viagem é aumentar a segurança nos deslocamentos dentro do “território sem fronteiras internas” do Espaço Schengen. Isso inclui o Brasil, que tem um acordo de isenção de visto para esses países europeus no caso de viagens de turismo, negócios ou trânsito por até 90 dias, a cada 180 dias.

O ETIAS vai seu usado para confirmar a elegibilidade das pessoas isentas de visto para viajar e estudar na Europa no prazo mencionado acima — e podendo se locomover entre os países listados neste artigo sem a necessidade de passar por controles rigorosos de imigração.

Para isso, basta preencher um formulário online (com pagamento da taxa de emissão em euros) e aguardar uma resposta por e-mail. Em caso afirmativo, a autorização de viagem ETIAS fica conectada ao passaporte e tem validade de 3 anos ou até a expiração desse documento.